07/05/2011 16h:39 Audiência debateu sustentabilidade do Agronegócio no Norte Araguaia

A Assembléia Legislativa realizou nesta sexta-feira (06.05), em Porto Alegre do Norte, a audiência pública sobre a Criação da Maior Fronteira Agrícola do Estado, a Região Norte Araguaia.

Proposta pelos deputados Estaduais Baiano Filho e Adalto de Freitas, ambos PMDB, o tema discutiu não apenas as potencialidades agroindustriais do Norte Araguaia, como também os entraves estruturantes que comprometem a consolidação da região, vista pela classe produtora e poder público como a próxima explosão agrícola de Mato Grosso.

Na produção de grãos, o Araguaia começa a despontar, e já chega a ser comparado com a região Centro-Norte que abrange os maiores municípios produtores do estado, a exemplo de Sorriso, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, entre outros.

Segundo o empresário Édio Brunetta, do Grupo Itaquerê, o plantio no Araguaia hoje ocupa pouco mais de 300 mil/há, restando ainda cerca de 700 mil/há aptos para o cultivo, em áreas já abertas. A pecuária também é forte na região, além da capacidade turística às margens do Rio Araguaia, que banha todo o lado leste de Mato Grosso, fazendo divisa com o estado de Goiás.    

“O Araguaia é uma das poucas regiões do mundo que tem a potencialidade de expansão agrícola, mas precisamos de segurança jurídica para desenvolver nosso potencial. Nos últimos quatro anos nossa logística melhorou muito, mas a agilidade depende de ligarmos nosso municípios ao asfalto, para que nós não peracamos nossas mercadorias na estrada, para que não tenhamos prejuízos com o transporte da produção e para que nosso a frete seja competitivo”, categorizou Édio Brunetta.

O deputado Estadual Percival Muniz (PPS) cobrou comprometimento do governador Silval Barbosa no sentido de priorizar o atendimento ao Araguaia com a pavimentação de rodovias,  ligando os municípios até o asfalto. “Se o governador Silval, no programa que ele tem de ligar cerca de 44 municípios até o asfalto, se ele resolver priorizar o Araguaia, só aí ele já vai ter cumprido 50% da meta”, cobrou Percival Muniz.

Quanto as rodovias federais que cruzam a região, o assessor do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT), Zeno Gonçalves apresentou um esboço com a situação da pavimentação da BR-158 no trecho entre a divisa com o estado do Para até o entroncamento com o município de Canabrava do Norte, numa extensão de 201 km. O trecho está dividido em três frentes distintas com um total de 95,6 km já pavimentados.

Segundo Zeno, o atraso nas obras se deu devido aos impasses jurídicos que envolvem o contorno à reserva indígena Maraiwatsede, em Canabrava do Norte, e as dificuldades de execução por parte de uma das empresas responsável pelo trecho, cujo contrato está em análise rescisória.

Já o trecho de 160km, entre Canabrava até o entroncamento das BRs-158/242 (Querencia) já está licitado, aguardando pela ordem de serviço.   

O deputado Baiano Filho esclareceu que o chamamento feito ao poder público teve o objetivo não apenas de esclarecer a população quanto a resolução das principais necessidades da região, mas principalmente, de buscar a aproximação da classe produtora e o governo, a fim de que juntos pudessem encontrar alternativas para evitar o estrangulamento da região.

Considerando a regularização fundiária como outro forte entrave à capacidade produtiva e à sustentabilidade de pequenos e médios produtores, Baiano Filho propos para o segundo semestre a realização de uma audiencia pública para tratar especificamente das questões fundiárias e agricultura familiar na região.

A audiencia fez parte da agenda de eventos da 3ª Dinâmica de Empreendedores e Empreendedorismo de Porto Alegre do Norte, realizada entre os dias 06 e 08 de maio.

Participaram da audiencia pública os deputados Estaduais Baiano Filho (PMDB), Adalto de Freitas (PMDB), Luizinho Magalhães (PP), Precival Muniz (PPS) e Airton Português (PP), além dos prefeitos de Porto Alegre do Norte, Edi Scorsin; de Santa Terezinha, Domingos da Silva Neto; de Alto Boa Vista, Aldecides Milhomem de Cirqueira; São José do Xingu, Gilberto Mendes Leoncini; de Vila Rica, Naftaly Calisto; de Canabrava do Norte, Lorival Martins Araújo; o suplente de deputado Federal Eduardo Moura (PPS); o secretário de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (SETPU), Arnaldo Alves; o secretário-adjunto de Desenvolvimento da Secretaria de Estado de Comercio, Industria, Minas e Energia (SICME), Élio Rasia; o assessor do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT), Zeno Gonçalves; o presidente da Camara de Porto Alegre, José Gunther; os empresários Édio Brunetta e Romão Flores, entre outras autoridades.

 

Naiara Martins