07/05/2014 - Gusttavo Lima é processado por “Peladona do Villa Mix” que quer receber R$ 5 mi de indenização

Está nas mãos do juiz Yale Sabo Mendes, titular da Sétima Vara Cível de Cuiabá, uma Ação de Indenização Por Danos Morais com Pedido de Liminar, impetrada pela estudante Hosana Priscila de Oliveira Lopes – que ficou conhecida como “A peladona da Villa Mix-. Ela requer uma reparação moral no valor de R$ 5,7 milhões do cantor Gusttavo Lima, das empresas Audiomix, Villa Mix e Unifort Segurança e Vigilância Patrimonial. 

Conforme já divulgado , no final de março deste ano, a jovem virou notícia nacional depois de protagonizar um possível strip tease no camarote do sertanejo. Ela tirou a roupa para um grupo de pessoas, que a filmaram e colocaram na internet. O vídeo, postado no facebook e enviado diversas vezes pelo whatsapp, virou sensação. 


Não demorou muito para que fotos da estudante de enfermagem Priscila Lopes, 20 anos, pipocassem nas redes sociais.

"Se Jesus que é Jesus perdoou Maria Madalena, por que estão me crucificando?", questiona ‘peladona’ do Vila Mix
Cantor Gustavo Lima afirma que Peladona do Villa Mix "é louca da cabeça" em entrevista


Na ação, conforme publicação do site Folha Max, Priscila alega que os funcionários do cantor e os seguranças foram os autores das imagens que correram o mundo em que ela aparece pelada. Em entrevista ao Olhar Direto, a jovem disse que foi convidada para ir ao camarim do cantor, quando teria bebido e suspeitava que alguém teria colocado droga em sua bebida, pois não se lembrava de nada. 

"Em dado momento, integrantes da equipe que estavam no camarim registraram imagens da requerente despida fazendo poses para fotografias no sofá do camarim. A requerente não se lembra de absolutamente nada no que diz referência ter tirado a roupa no camarim do artista. Dopada por álcool e possivelmente drogas, a requerente foi instigada a fazer um strip-tease para o cantor que se encontrava dentro do ônibus ", diz trecho da ação divulgado pelo Folha Max.


A ação de indenização usa os mesmos argumentos utilizados por Priscila, logo após o episódio em entrevista, em que se justificava pelo ato. “Me perguntaram se eu queria ir lá ver ele [Gustavo lima] e eu falei ‘quero’, então me levaram”, lembra. “[Na hora do vídeo] eu estava na frente do ônibus dele. Ele tava indo embora e eu fui dar tchau e alguém falou: ‘tira a roupa’. E eu conto até três e já tem gente me filmando, essa é a prova que já estavam me incentivando e eu fui, mas não pensei que ninguém ia filmar, quando eu vi aquele montão de telefone, eu entrei em desespero. E lá não tinha pessoas que foram assistir ao show, só tinha pessoas da produção”, lembrou, durante entrevista ao site.

Outra alegação da jovem a Justiça é que seu nome foi propagado inúmeras vezes, inclusive em um site do Maranhão, que divulgou um suposto vídeo em que ela teria se suicidado. "Quando sua irmã viu este vídeo chegou a passar mal, tendo sua pressão se elevada até que após algum tempo soube por outros parentes que era mentira", diz trecho da ação. 

Além da indenização milionária, segundo o site Folha Max, a estudante pede o plano de vôo de Gusttavo Lima na manhã do dia 23 de março. Também solicita que o cantor e as empresas não divulguem imagens dela com conteúdo injurioso e difamatório.

Gusttavo Lima diz que "é louca"


Em entrevista ao portal iG o cantor Gusttavo Lima afirmou que a jovem só pode ser louca ou que estava muito bêbada para ter tirado a roupa na frente de todos. “Fiquei surpreso com isso, porque às vezes as pessoas associam um escritório inteiro a um artista. Fique vendo as fotos, o pessoal até me mostrou no outro dia. Falei ‘essa menina é louca da cabeça’. A pessoa que tira a roupa na frente de todo mundo só pode estar doida ou bêbada”, disse Lima em entrevista ao portal IG.

 

 

Katiana Pereira

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário