07/05/2014 - Ribeirão Cascalheira - Homicídio, operador de maquinas é executado no momento em que trabalhava

Por volta das 18:17 horas de segunda-feira (05) a Policia Civil de Ribeirão Cascalheira, recebeu informações de uma situação onde um homem foi encontrado morto em uma propriedade rural a aproximadamente 7 km do município.

 

De imediato o investigador João Maria se deslocou para o local, onde chegando no local constatou o fato, Valdomiro Alves Filho (38) anos foi encontrado próximo ao trator que trabalhava já sem vida. 
 
No momento ainda não se tinha informações da causa da morte, pois segundo uma testemunha, ele teria se deslocado até a cidade para comprar combustível (óleo diesel) e quando retornou para a fazenda encontrou Valdomiro caído próximo ao trator que eles estaria trabalhando, relatou que no primeiro momento achou que o mesmo poderia estar descansando, mas revolveu se aproximar para verificar, chegando próximo avistou muito sangue, onde provavelmente o mesmo já estava sem vida, e de imediato comunicou a Polícia civil.
 
Após as providências de praxe no local, o corpo foi encaminhado para o médico legista onde foi constatados pelo ao menos 5 perfurações por arma de fogo, uma na região da axila, uma no peito, uma próxima ao ombro e duas na região da nuca.
 
Dr. Renato Resende do Nascimento (Delegado de Polícia), titular na delegacia de polícia civil de Ribeirão Cascalheira, já iniciou as investigações ouvindo testemunhas, no intuito de chegar ao altor desse crime cruel.
 
 
 
Huddy Gomes

Comentários

Data: 07/05/2014

De: REPORTAGEM DOS BAIANOS

Assunto: NOS


Especial: Espigão do Leste o distrito mais rico do Norte Araguaia sofre com a falta de infraestrutura
Em Espigão do Leste, uma região que planta mais de 280 mil hectares de lavoura, existe um contraste entre a riqueza e as necessidades básicas, lá ainda falta telefone, médico, posto bancário e até correio, o lixo por exemplo só é recolhido porque a p

Agência da Notícia com Camila Nalevaiko

A
A
A

Enviar para um amigoImprimir
Agência da Notícia
O distrito sofre com a falta de investimentos (Crédito: Agência da Notícia)
O distrito sofre com a falta de investimentos

Espigão do Leste mais conhecido como os “Baianos” distrito do município de São Félix do Araguaia localizado a 230 km da cidade sede, desponta no cenário do agronegócio com suas terras férteis e produtivas, a região se tornou referência aos grandes produtores, é a principal produtora de grãos da região Norte Araguaia.

Grandes empresas começam a se instalar no pequeno e promissor povoado trazendo renda e empregos aos moradores de Espigão do Leste, aproximadamente 3.500 habitantes moram no distrito e trabalham nas fazendas e empresas que cercam a região, o distrito é cortado pela MT 322 antiga BR-080.

Com todo esse potencial que vem se desenvolvendo na região a população reclama e diz que o poder público esqueceu o grande distrito que hoje planta aproximadamente 280 mil hectares de lavoura, a falta de infraestrutura é visível nas ruas do vilarejo, sem asfalto ou mesmo estradas paroladas, o que se vê são buracos e mais buracos.

Segundo o sub-prefeito Sávio Xavier, o distrito passa por um momento fantástico “Nosso pequeno distrito passa por um momento muito bom, empresários chegam a toda hora para investir na região, além das grandes empresas que estão se instalando em Espigão do Leste, mas precisamos de infraestruturas dentro da vila, pois aqui falta muito pra ficar bom ainda” disse Sávio ao Agência da Notícia.

A equipe de reportagem do Site Agência da Notícia esteve no distrito onde presenciou as falhas do poder executivo com a população de Espigão do Leste, ruas abandonadas e esburacadas, falta de água tratada em toda cidade, o lixo da cidade é recolhido por um caminhão da prefeitura, mas os moradores arcam com o salário do gari. “Não tínhamos se quer recolhimento de lixo, ai fizemos uma reunião e decidimos pagar uma taxa para que os garis pudessem recolher o lixo, porque estava terrível aqui”, contou uma comerciante ao Agência da Notícia.

Conforme um produtor contou a reportagem do AN o distrito é o que mais gera renda a São Félix do Araguaia, porém é o menos que recebe investimentos “a principal renda de São Félix do Araguaia vem de Espigão do Leste, mas nós não recebemos a atenção que merecemos por sermos a principal fonte de dinheiro ao município” concluiu Joaquim Guimarães agricultor.

O Distrito de Espigão do Leste anseia por emancipação, pois como Distrito o local não conta com telefonia, são poucos telefones fixos, de acordo com a população apenas um orelhão funciona e não há telefonia móvel. “Vieram aqui e prometeram que iam instalar uma torre de celular, uma loja de aparelhos chegou aqui a abrir aqui, mas foi só conversa e até hoje não temos telefone celular”, contou um moradora.

Além disso, o Distrito não tem nenhum correspondente bancário, não há banco e nem posto, o correio também não está instalado no Distrito. “É um problema sério, não conseguimos fazer depósitos por aqui, temos que levar para São José do Xingu que é a cidade mais próxima e é um risco”, afirmou uma comerciante.

Outros problemas são visíveis na localidade que é uma das mais promissoras do Norte Araguaia, em Espigão do Leste a segurança é precária, apenas três policiais militares trabalham no local e contam apenas com uma viatura. “Se alguém for preso e tiver que ser levado para São Felix do Araguaia ou Alto Boa Vista, o quartel da PM fica sem viatura, então nós ajudamos a Polícia nesses casos”, contou um outro morador.

Na saúde pública também não há médico e qualquer situação de emergência é encaminhada para São José do Xingu que fica há 70 km de Espigão do Leste ou Canabrava do Norte que fica há cerca de 100 km, tudo em estrada de chão. “Aqui a população se ajuda, uns pelos outros e isso acaba criando um vinculo forte entre a comunidade, mas se formos depender de política fica mesmo na promessa, um exemplo é o nosso prefeito que depois que assumiu veio apenas duas vezes no nosso Distrito e pouco fez pela nossa comunidade”, disse a moradora.

As pessoas que deram depoimentos ao Agência da Notícia preferiram não gravar entrevistas e também não quiseram ter suas identidades reveladas.

Para o sub prefeito de Espigão do Leste, falta investimentos, mas para ele a maneira mais rápida e certeira de desenvolver a região é com a emancipação de Espigão do Leste. “Eu acredito no desenvolvimento da região, assim como acredito no potencial de Espigão do Leste, mas a emancipação do local seria a solução para que o desenvolvimento acontecesse de fato e para que a população tivesse qualidade de vida”, avaliou Savio.

O Agência da Notícia tentou contato por telefone com o Prefeito Jos

Novo comentário