07/06/2016 - Índios prometem fiscalizar rio Tapirapé e interditar MT438 para preservar peixes

07/06/2016 - Índios prometem fiscalizar rio Tapirapé e interditar MT438 para preservar peixes

Índios da etnia Tapirapé anunciaram esta semana que irão fazer por conta própria uma fiscalização contra a pesca predatória no rio Tapirapé, dentro dos territórios de Confresa, Porto Alegre do Norte e Santa Terezinha. Em barcos e apé na região ribeirinha eles querem desarmar as redes instaladas no rio e buscam apoio de entidades para soltarem peixes no rio.

 

O cacique Carlos Tapirapé reforçou que a preocupação dos índios é com os impactos da pesca na região. "O pessoal não esta respeitando, e o peixe esta cada vez mais escasso, como os órgãos responsáveis não conseguem fazer a fiscalização nós vamos começar a fazer", destacou o cacique, reforçando o anuncio do bloqueio noturno da MT 438, que liga Confresa até o município de Santa Terezinha.

 

"O bloqueio será feito na entrada da nossa reserva indígena, começa sempre as 18 horas e liberamos o trafego as 6 horas da manhã, não será cobrado pedágio, é para evitar a passagem dos pescadores apenas", afirmou Carlos Tapirapé.

 

Até o momento a secretaria estadual de Meio Ambiente não falou sobre o caso

 

 

 

24 horas News

Comentários

Data: 07/06/2016

De: Vilson Lima

Assunto: rio

Os índios estão certos, pra que pescaria predatória? Os órgãos do governo não conhecem a região e o rio como os índios. O governo tem que ficar atento é com o assédio de não índios tentando enganar os índios em troca de apoio para pescar.

Novo comentário