07/07/2011 – 09h:40 Prefeito de Itiquira é afastado pela Justiça por improbidade

O prefeito de Itiquira, Ernani José Sander, foi afastado por um período de 60 dias pelo juiz da comarca José Mauro Nagib Jorge, atendendo pedido de duas de seis ações impetradas pelo Ministério Público Estadual contra Sander. A primeira-dama Nancy Alves Velasco e o filho do casal o secretário de Administração, Ernani Velasco Sander Junior também tiveram que deixar o serviço público.

O magistrado não acatou o pedido de indisponibilidade de bens do prefeito e de sua família porque entendeu que eles não estariam dilapidando o patrimônio, não houve provas suficientes que pudessem sustentar o pedido do Ministério Público, impetrado pelo promotor Ary Madeira Costa.

Conforme o magistrado, o afastamento não significa a cassação do chefe do executivo de Itiquira. “A Câmara de Vereadores deve marcar a posse do vice-prefeito para responder pelo município pelos próximos dois meses enquanto será feita a apuração dos fatos narrados no processo e preservar a instrução processual”.

Dentre os crimes descritos nas ações estão fraudes em licitação para aquisição de produtos no comércio local, para contratação de serviços e aquisição de livros didáticos; desvio de dinheiro público com utilização de ‘laranja’ para contratação direta com a prefeitura; manutenção de servidores fantasmas na prefeitura; e superfaturamento em contrato de aquisição de terreno para construção de estação de tratamento de esgoto.

A reportagem entrou em contato com o prefeito, mas o celular estava fora de área ou desligado.

De Rondonópolis - Débora Siqueira

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário