07/09/2015 - Quadrilha armada com fuzis explode caixas eletrônicos e faz reféns em MT

07/09/2015 - Quadrilha armada com fuzis explode caixas eletrônicos e faz reféns em MT

Quatro pessoas armadas com fuzis e escopetas explodiram caixas eletrônicos de uma cooperativa de créditos, no município de Nova Ubiratã,  distante 506 km de Cuiabá, na madrugada deste sábado (5). A quadrilha ainda fez reféns três moradores que passavam pelo local no momento da ação criminosa, de acordo com a Polícia Militar. Os suspeitos instalaram bananas de dinamite nos terminais e a parte da frente da cooperativa ficou destruída.

 

Em uma caminhonete, os assaltantes chegaram à cidade por volta de 1h30 e estavam encapuzados. Inicialmente a quadrilha tentou arrombar um caixa eletrônico de uma agência bancária. “Eles não conseguiram retirar o dinheiro e nem instalar os dinamites. Daí seguiram para outra agência”, explicou o major da Polícia Militar, Jorge Almeida, que coordena as buscas pelos suspeitos na região.
O assalto ocorreu na Avenida Tancredo Neves, no Centro da cidade. O major relatou que os assaltantes colocaram os dinamites em cinco terminais dentro da agência, entretanto, apenas quatro explodiram. Um deles falhou na ocasião e, segundo ele, uma equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) deverá auxiliar na retirada do material do local ainda na manhã deste sábado.

 

Depois da ação, a quadrilha retirou o dinheiro dos terminais e fugiram levando três reféns que passavam em frente a cooperativa e seriam funcionários de uma empresa localizada na mesma avenida. As vítimas foram abandonadas a 12 km do município e não ficaram feridas. A quadrilha fugiu pela estrada MT-242, percorrendo por um distrito conhecido como Água Limpa, e a suspeita da polícia é de que eles tenham seguida para a cidade de Paranatinga.

Até o momento nenhum dos ladrões foi identificado. O major contou também que o grupo efetuou disparos contra imóveis na avenida durante a fuga para tentar amedrontar os moradores. Não houve confronto com policiais, conforme ele. O valor levado pela quadrilha ainda não foi divulgado.

 
Único terminal que não explodiu dentro da cooperativa (Foto: Michel Ferreira/siteUbiratã24horas)

Kelly Martins

Do G1 MT

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário