07/12/2012 - Mulher contrata dois adolescentes para sequestrar e torturar o marido

Uma mulher foi presa acusada de contratar dois menores de idade, que foram apreendidos, para sequestrar e torturar seu marido. Os adolescentes foram apreendidos e a suspeita detida nesta quinta-feira (06) em São Félix do Araguaia (1.200 quilômetros de Cuiabá).

Raquel dos Santos Oliveira teria planejado o sequestro do marido após suspeitar de uma traição. Os dois menores, de 16 e 17 anos, teriam sido contratados para a execução do plano, de acordo com informação da assessoria de imprensa da Polícia Civil.
A vítima juntamente com a esposa teria sido abordada na residência do casal, na quinta-feira (06), por volta de 00h30, pelos menores. Eles estavam encapuzados e armados com faca. 

A mandante do crime e o marido foram rendidos pelos adolescentes que anunciaram o suposto sequestro. Eles amarraram a boca e os pulsos da vítima, colocaram em seu veículo um Ford Ecosport e seguiram para a zona rural da cidade, próximo a uma represa. 

No local, os adolescentes torturaram o marido de Raquel, sempre questionando sobre seus casos amorosos. Durante a sessão de tortura, um dos agressores ameaçou estuprar a mulher, que também estava no cativeiro. 

Neste momento, a vítima mesmo com as mãos amarradas, entrou em luta corporal contra os menores que desarmados fugiram abandonando o casal no local. O marido da acusada reconheceu um dos suspeitos, que foi detido por policiais militares. 

A Polícia Civil iniciou uma investigação e foi constatado que não houve arrombamento na residência do casal, o que levou os investigadores a desconfiarem que os suspeitos tivessem auxílio de alguém para entrar na casa. 

Em depoimento ao delegado titular da Delegacia de São Félix do Araguaia, Wilyney Santana Borges, a acusada confessou o crime e disse ter contratado os dois menores, ainda segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil.

“Com as informações foi possível a identificação do segundo adolescente, que foi detido em uma barbearia quando tentava mudar a aparência para não ser identificado, disse o delegado.

A acusada foi presa em flagrante e encaminhada a Cadeia Pública local. Os menores apreendidos foram apresentados ao Ministério Público e tiveram suas internações provisórias, decretadas pelo Juízo de São Felix do Araguaia.

 

Da Redação - Victor Cabral