08/02/2016 - Prefeitos reivindicam do ministro Kassab investimentos em obras publicas do Araguaia

Durante a audiência com o ministro Gilberto Kassab, os prefeitos que integram o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental – Araguaia solicitaram investimentos em diversas áreas. Cada gestor  reivindicou a necessidade de, pelo menos, 10 km de asfalto. Eles também solicitaram construção de 300 casas populares, principalmente para atender os moradores da Gleba Suiá Missú, que foi alvo de reintegração de posse em 2013.

 

De acordo com o prefeito de Bom Jesus do Araguaia e vice-presidente do consórcio, Joel Ferreira, muitas famílias migraram para os municípios do entorno sem condições de se reestabelecer. “Mais de 11 mil pessoas aguardam pela liberação de recursos para a construção de residências, pois não possuem condições de adquiri-las”, salientou.

 

Já os municípios que fazem parte do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental – Norte Araguaia apresentaram ao ministro o pedido de liberação de recursos para projetos do Programa de Aceleração do Crescimento e de novos convênios para a pavimentação urbana. Conforme o presidente do consórcio e prefeito de Porto Alegre do Norte, Emival Gomes, foram solicitados R$ 30 milhões para atender as sete cidades consorciadas. “Além dos novos investimentos, solicitamos a liberação dos recursos do PAC-2 para os municípios de Confresa, Porto Alegre do Norte e Canabrava do Norte, que já possuem projetos aprovados”, destacou.

 

O recapeamento de estradas é uma das reivindicações do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Médio Araguaia, composto por oito municípios.

 

O prefeito de Água Boa, Mauro Rosa da Silva, que é tesoureiro do Consórcio, disse que a demanda é de cerca de 200 mil metros quadrados para cada cidade. Drenagem, saneamento básico e habitação também são prioridades para a região. Silva destacou a importância da elaboração de bons projetos para viabilizar a captação dos recursos junto ao governo federal. “Nós vamos vão recorrer à AMM para elaborar os projetos para viabilizar a execução de obras para atender a população”, garantiu.

 

Em relação ao Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental Portal do Araguaia, os gestores  têm como prioridade investimentos em saneamento básico. A prefeita de Pontal do Araguaia, Divina Maria da Silva Oda, que participou da reunião com o ministro, disse que investimentos em infraestrutura, com destaque para asfalto e pontes, também são necessários. “Pontal do Araguaia tem projetos de asfalto protocolados no ministério das Cidades, que aguardam encaminhamento”, lembrou. 

Já o prefeito de Araguaiana, José Marra, disse que asfalto e galerias são prioridades para o seu município.

 

 

 

Fonte: AMZ Noticias com Assessoria

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário