08/03/2012 - Cabeleireira de Nova Xavantina é presa tentando entrar no Presídio de Água Boa com maconha na vagina

 

 

Policiais militares e agentes penitenciários do Serviço de Operações Especiais (SOE) que trabalham da Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva prenderam Josmara Maria Borges da Silva, 31 nos, cabeleireira, natural de Barra do Garças, residente e domiciliada na Rua Macapá Nº 77 no Bairro Tonetto em Nova Xavantina foi presa acusada de Tráfico de Substância Entorpecente e Corrupção Ativa.
 
Josmara é acusada de tentar entrar na unidade prisional com 54,8 gramas de maconha alojada na vagina. De acordo com o que consta nos Boletins de Ocorrências 292 e 293  a prisão aconteceu quando era realizada a revista nas visitantes dos presos, por volta das14h50 desta quarta-feira (07.03)...
 
Josmara adentrou a Unidade Prisional com o intuito de realizar visita íntima com um reeducando que é seu cônjuge. Na hora que foi realizada a revista íntima pela Policial Militar SD. Edilaine, nada foi constatado, porém, quando foi solicitada para que ela sentasse no Banco de Detector de Metal foi acionado o sistema de alarme (apito) e para tirar dúvida foi solicitado que sentasse em outro banco por várias vezes, porém o resultado foi o mesmo. Diante dos fatos a senhora Josmara foi convidada a realizar um exame de Raios-X no Hospital em Água Boa, porém a mesma disse que só realizaria o exame na presença de seu advogado que mora em Nova Xavantina.
 
A acusada foi conduzida ao CISC para realização do B.O chegando à delegacia da Polícia Judiciária Civil ela pediu para ir ao banheiro e foi acompanhada pela soldado PM Edileine, já dentro do banheiro  ela confessou estar com maconha nas partes íntimas e ofereceu uma corrente com vários pingentes (aparentando ser ouro) para que a PM deixasse ela desfazer do material. Ela alegava que se fosse presa poderia perder a guarda dos filhos. 
 
Diante dos fatos a mesma propôs a retirar de tal substância e foi acompanhada por policiais civis femininas que assumiram as investigações.  Após a retirada (que foi realizada com dificuldade) pela própria acusada, haja vista o tamanho do envólucro  que depois de pesada foi constatado ser 54,8 gramas de uma sustância aparentando ser maconha.
 
Foi dada voz de prisão em flagrante delito e ela foi autuada por corrupção ativa e tráfico de drogas.
Participaram da ocorrência Políciais Militares, Agentes Prisionais e já no CISC por Policiais Civis.
Foto:  Kassu / Água Boa News
Escrito por Kassu / Água Boa News

Comentários

Data: 08/03/2012

De: Curioso

Assunto: Maconha na Vagina

Fico pensando o tamanho né...pacotão grande heim...kkkk.
Parabéns para a guarnição...

Novo comentário