08/03/2012 - Marido mata esposa com várias pauladas e tiros no Dia da Mulher

 

Uma mulher foi brutalmente assassinada pelo marido na manhã desta quinta-feira (8), Dia internacional da mulher, no bairro Ribeirão do Lipa, em Cuiabá, com pauladas na cabeça e dois tiros.
 
Segundo informações da delegada Anaíde Barros, da delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime teve motivações passionais. A vítima Benedita Romana de França Campos, de 43 anos, há tempos desejava se separar de Joaquim Santana de Campos, de 63, mas não tinha coragem justamente pelo temperamento violento dele.
 
Testemunhas disseram à polícia que Benedita já estava vivendo uma relação extraconjugal e foi morta depois de o marido descobrir seu plano de deixá-lo para viver com outro homem. 
 
Antes de matar Benedita, Joaquim a torturou desferindo contra ela várias pauladas. A filha do casal, que estava na casa durante a ação, ouviu os gritos da mãe e tentou intervir, mas ele atirou contra ela e a esposa duas vezes.
 
Joaquim, que trabalha como vigilante em uma construção, fugiu levando a arma que usou para matar Benedita e avisou que, após matar o amante dela também, irá se entregar à polícia. 
 
Os tiros que mataram Benedita acertaram o tórax e a cabeça. Os dois eram casados havia 20 anos e tinham cinco filhos, todos morando na mesma residência.
 
“É um marco muito triste justamente no Dia da Mulher. Este ano, muitas mulheres foram assassinadas em Mato Grosso”, finalizou Anaíde em entrevista ao Olhar Direto.
 
 
Da Redação - Laura Petraglia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário