08/03/2012 - Preso em Mato Grosso com drogas no quintal de casa pertence ao PCC

 

 

Um traficante preso semana retrasada pela Polícia  com 55 de quilos de maconha e 1 quilo de pasta-base, enterrados no quintal de uma casa no Jardim Araras, em Alta Floresta, no Norte do Estado,  na verdade é membro do Primeiro Comando da Capital, o  PCC, uma organização criminosa e violenta comandada por presos e foragidos principalmente do estado de São Paulo. O preso faz parte de uma  quadrilha ligada à facção que  é acusada de dominar o tráfico de droga em cidades paulista.

 

Durantes dias, o meliante que se dizia ser Júlio Cézar de Souza, 34, conhecido por “Polaco ou Bruxo  afirmava se garimpeiro na cidade de Apiacás. A polícia continuou investigando e descobriu que a camioneta do preso tinha fundo falso para o transporte de droga, inclusive com vestígios do produto. O marginal também revelou o seu nome verdadeiro. O meliante tinha em aberto um mandato de prisão do interior de São Paulo.

 

Durante dias investigadores levantaram a “capivara” do traficante. A ficha revelou que o mesmo tem “experiência” com assaltos a banco e pode estar envolvido em assaltos na região. O meliante pode ter ligação com a quadrilha que vinha aterrorizando  os garimpos Novo Astro e Juruena em Nova Bandeirantes.  O Preso é suspeito de fazer parte também de quadrilha especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos.

 

O preso natural de Goioerê-Pr,  pode ser o principal fornecedor de drogas na região. A Equipe comandada pelo  delegado regional Josué de Jesus, Há alguns dias investigavam a informação do carregamento de drogas, realizaram a prisão da droga e do suspeito. Os policiais continuaram a investigar e descobriram a alta periculosidade do elemento, que esta a disposição da justiça, e deve ser recambiado para o interior de São Paulo onde tem “contas” a quitar com a lei.

 

Luiz Bacanello/ de Nova Bandeirantes

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário