08/04/2014 - Barra do Garças - Trecho de via que dá acesso a COHAB passa a ser mão única para reduzir acidentes de trânsito

Desde a manhã de terça-feira (08/04) o tráfego de veículos não é permitido para quem utilizar a Avenida Germano Bezerra no sentido centro/COHAB, a partir do final da Avenida Ana Lira, próximo do supermercado Bônus. No trecho que compreende três quadras o tráfego passa a ser de mão única, somente veículos que vem da COHAB para os demais bairros, quem trafega no sentido contrário para ter acesso aos Bairros Jardim Araguaia (COHAB), Pitaluga, Rainha de Fátima e Vila Varjão terão que subir na Avenida Manoel Ferreira Lopes, virando na Rua 28 podendo retornar ao acesso principal (Germano Bezerra) na Rua José Filho, a partir daí a pista continua sendo mão dupla.

 

As placas de sinalização informando que a pista é sentido único já foram colocadas restando a sinalização horizontal (de solo), para o Coordenador de trânsito, é normal a dificuldade de adaptação neste momento, mas que com o sentido único do trecho da Germano Bezerra muitos acidentes serão evitados e vidas preservadas, “São muitos acidentes registrados nesta rua pelo fato da pista ser pequena e veículos estacionarem dos dois lados, tivemos inclusive atropelamentos porque pra não bater em outros veículos era preciso quase subir nas calçadas, com essa mudança, certamente teremos menos acidentes, neste primeiro momento será necessário muita orientação para isso contamos com o apoio da Polícia Militar”, destacou Valdeci Silva.

 

Esta é mais uma mudança no trânsito para tentar reduzir o número de acidente em Barra do Garças, que em 2013 chegou a atingir uma média de 4 acidentes por dia, “Foram construídos redutores de velocidade, implantados 4 radares que foram aferidos pelo INMETRO e estão funcionando em fase educativa começando a autuar nos próximos dias e outros 18 que serão instalados, além de mudanças de sentidos em outras ruas, o resultado já é satisfatório com uma redução considerável de Boletins de Acidentes”, frisou Valdeci.

 

Por: Vander Lima - Secom - BG