08/05/2011 - 10:08 Primeira obra de mobilidade urbana para a Copa começa nesta segunda

 O governador Silval Barbosa e o presidente da Agência de Execução dos Projetos da Copa do Mundo do Pantanal (Agecopa), Eder Moraes, lançam nesta segunda-feira (09) a primeira obra de mobilidade urbana para a Copa de 2014. A partir das 10 horas será dada a ordem de serviço para a duplicação da ponte Mário Andreazza, sobre o rio Cuiabá. 


A licitação para a duplicação da ponte foi realizada pela então Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) no ano passado, através da concorrência nº 025/2010. A empresa Atrativa Engenharia Ltda foi a vencedora do certame. A licença ambiental foi concedida, autorizando os procedimentos para o início das obras. 

A construção da ponte em concreto pré-moldado protendido com extensão de 228 metros e largura de 11 metros e a adequação da ponte já existente sobre o rio Cuiabá, estão orçadas em R$ 11,5 milhões. 

RODOVIA 

Em seguida, será autorizada a licitação para a duplicação da rodovia Mário Andreazza, da avenida Miguel Sutil em Cuiabá ao Trevo do Lagarto, em Várzea Grande. A restauração e duplicação da MT-444, Rodovia Mário Andreazza, será licitada pela Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu) e custeada com recursos da Agecopa. 

As obras estimadas em R$ 22,7 milhões vão do entroncamento da Av. Miguel Sutil (Av. Ciríaco Cândia) até o entroncamento das BRs 070, 163 e 364 (Trevo do Lagarto), num total de 9,417 km. 

As obras para duplicação da rodovia incluem os serviços de terraplenagem; pavimentação; drenagem; sinalização e projeto de recuperação do meio ambiente. O revestimento da pista a ser implantada será feito em concreto betuminoso usinado à quente - CBUQ. 

O projeto geométrico não ultrapassou os limites da faixa de domínio da rodovia federal, não tendo sido atingida nenhuma edificação ou benfeitoria que motivasse desapropriação de qualquer natureza. Com informações da assessoria de imprensa.

 

Da Redação - LB

Comentários

Data: 09/05/2011

De: carlos

Assunto: divisão de mato grosso

já que vai dividi o estado do para,e o pará e o segundo maior estado do brasil em km quadrados,e o mato grosso e o terceiro maior,que tal mato grosso se torna o segundo maior estado do brasil.É qual seria o beneficio para a população de mato grosso se dividir o estado?

Novo comentário