08/05/2013 - Mulher sumida desde sábado é encontrada morta em uma chácara

A polícia encontrou, nesta terça-feira, no final da tarde, nos fundos de uma chácara, o corpo de Ruth da Silva Diomázio, de 55 anos. Ela estava sumida desde o último sábado, em Alta Floresta (823 km ao norte de Cuiabá).

A Polícia Militar informou que chegou ao corpo após uma denúncia anônima. Porém, vestígios – marcas de sangue e um tênis dela - encontrados em uma garagem, em uma casa em um bairro da cidade, já apontava que ela pudesse estar morta.

Homem é encontrado morto com marcas de pauladas na cabeça

A Perícia de Identificação Técnica (Politec) foi até a chácara e analisou o local onde o corpo estava. A princípio não fora constatado vestígios de estupro, já que a mulher estava com todas suas vestes. Contudo, somente exames no Instituto Médico Legal (IML) poderão elucidar isso, bem como as causas da morte.

Jovem tem 40% do corpo queimado após cunhado atear fogo com gasolina

A polícia acredita que Diomázio foi assassinada em outro local e o corpo ‘desovado’ na chácara.

O sumiço

No sábado, Ruth saiu para ir a uma festa em Alta Floresta e não retornou para casa e nem atendia as ligações para o celular. A família avisou a polícia, que começou as investigações para tentar encontrá-la. Ontem, uma pista dava conta que em uma garagem havia marcas de sangue e um tênis de Ruth, que foi reconhecido pela filha da vítima.

 

De Sinop - Alexandre Alves

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário