08/06/2011 - 16h:00 PRF combate o desmatamento em Mato Grosso

 

Colaborar e atuar na prevenção e repressão aos crimes contra a ecologia e o meio ambiente fazem parte das atribuições da Polícia Rodoviária Federal (PRF), de acordo com o Decreto 1.655/95. Com a necessidade cada vez maior de um combate efetivo aos crimes ambientais, a PRF tem intensificado suas ações, em especial no combate ao desmatamento.

Durante todo o ano de 2010, nas rodovias federais de Mato Grosso, foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal 2.215 metros cúbicos de madeira. Neste ano, até o início de junho, a PRF já apreendeu 1.087 metros cúbicos, o que representa 49% em relação ao total do ano anterior. Comparando com o mesmo período de 2010, quando foram apreendidos 998 metros cúbicos, o aumento é de 8,9%.

Guia Florestal com inconsistência nos dados é a irregularidade mais comum encontrada nas rodovias federais. Problemas como validade vencida, medidas divergentes, essências diferentes da documentação, origem e destino da madeira incorretos, entre outras situações, além de guias duplicadas ou falsificadas, são rotina nas fiscalizações da PRF de combate ao desmatamento.

Durante a Operação Sinop, no último final de semana, policiais rodoviários federais do Núcleo de Operações Especiais (NOE) flagraram madeireiros usando uma gigantesca corrente de aço, conhecida como “correntão”. A corrente é puxada por um trator e derruba tudo que encontra pela frente. Em pouco mais de duas horas, em ocorrências diferentes, a equipe da PRF da 6ª Delegacia (Sorriso) apreendeu três carretas completamente carregadas com 165 metros cúbicos de madeira. Em todas as situações, a madeira ilegal era transportada com documentação falsificada ou adulterada.

 

 

 

Núcleo de Comunicação Social da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário