08/06/2015 - Juiz indefere pedido do MP e mantém ajuda a Festa de Santo Antônio em Barra do Garças

A população de Barra do Garças , especialmente a comunidade católica, recebeu com alívio quinta-feira (4/6) a notícia do indeferimento da Ação movida pelo promotor Marcos Brant contra a Festa de Santo Antônio em Barra do Garças. A festa do padroeiro iniciou na quarta-feira (03) com a incerteza de que chegaria ao seu final devido o pedido do promotor de proibir a ajuda da prefeitura para a organização do evento, que acontece há 64 anos.

Na decisão o Juiz da Segunda Vara Cível Júlio César Molina indeferiu o pedido e ponderou no despacho que não ficou provado prejuízo ao erário público a ajuda da prefeitura a festa do padroeiro e ressaltou que o evento é tradicional e religioso. O magistrado ressaltou ainda que não é papel de outros poderes interferir na aplicabilidade de recursos cuja competência é do Executivo.

O prefeito Roberto Farias que participou da abertura da festa religiosa afirmou que apesar da clara perseguição sempre acreditou na justiça, “Não tínhamos dúvidas da legalidade deste auxílio do poder público que sempre aconteceu a Festa de Santo Antônio que faz parte do calendário de eventos de Barra do Garças, envolve o turismo religioso, a questão econômica dando oportunidade para pequenos comerciantes que nos dias do evento além da demonstração de fé da comunidade, a tradição, a parte cultural e de lazer para a população”.

Para Beto é mais uma demonstração de ingerência e interferência do promotor Marcos Brant, “Pra ele podemos fechar a prefeitura e a Câmara, porque ele interfere em todos os poderes e áreas de atuação”, concluiu.

Nos dois primeiros dias de Festa compareceram mais de 10 mil pessoas na Praça da Matriz, em frente a Igreja Santo Antônio, local do evento. A festa de santo Antônio vai até o dia 13 de Junho, feriado Municipal.

 

 

RDNews

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário