08/08/2016 - O GALINHO ESTÁ DE VOLTA - Wilson avisa que vai quitar dívida com Cuiabá; Taques já cola Silval em Emanuel

08/08/2016 - O GALINHO ESTÁ DE VOLTA - Wilson avisa que vai quitar dívida com Cuiabá; Taques já cola Silval em Emanuel

Em convenção na noite de hoje na sede do PSDB, o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) foi oficializado candidato a prefeitura de Cuiabá. Esta é a quarta vez que ele disputa o cargo, sendo em 2000 foi derrotado, mas venceu em 2004 e 2008.

Além do PSDB, PSD, PSB, PRTB, PHS, PSC e PV já definiram que apoirão o tucano na disputa pelo palácio Alencastro, sendo que serão procuradores DEM e PMB que estão apoiando o deputado estadual Emanuel Pinheiro (PMDB). Ele foi escolhido o candidato do grupo liderado pelo governador Pedro Taques (PSDB) após a desistência do prefeito Mauro Mendes (PSB) de encarar a reeleição.


Com sinais de emoção próximo ao choro, Wilson declarou que assumiu a candidatura por ter compromisso político. "Sou um homem de partido e pertenço a um grupo político, onde fui intimado para o desafio", disse.

Segundo o líder do Governo no Legislativo, o principal fator que o levou a ser candidato foi para explicar a sociedade os motivos que o levaram a renunciar o mandato em 2010 para disputar o Governo do Estado deixando Chico Galindo (PTB) na administração da capital do Estado. "Tenho algumas dívidas com essa cidade e é a oportunidade de quitar com o apoio do Governo. Governei sem o apoio do Governo, mas agora é outra história", comentou numa referência ao fato de ter sido oposição ao ex-governador Silval Barbosa (PMDB) à época em que esteve no palácio Alencastro.

Sobre o vice em sua chapa, Wilson Santos disse que a indicação do vereador Leonardo de Oliveira (PSD) "agrada muito". Ex-líder do prefeito Mauro Mendes na Câmara, Leonardo é sobrinho do ex-governador Dante de Oliveira (PSDB), já falecido.

Visivelmente empolgado, o governador Pedro Taques destacou a manutenção da base aliada do palácio Paiaguás. "O nosso grupo político está unido e tem candidato", frisou.

Segundo o governador, a candidatura de Wilson Santos é para impedir que o PMDB, partido do ex-governador Silval Barbosa, que está preso a quase um ano pela "Operação Sodoma", assuma a cidade. "Estamos juntos e não podemos permitir que aconteça com Cuiabá o que aconteceu com Mato Grosso. Por isso, o Galinho está de volta", asseverou.

O vereador Leonardo Oliveira confirmou que aceitou o convite para ser vice. "Eu tinha uma candidatura consolidada para vereador, mas atendo o chamado do grupo do governador para o desafio", afirmou.

 

 

 

Rafael Costa - Folha Max

Edição para Agua Boa News, Michel Franck