08/08/2016 - Emanuel assegura permanência de Antero em seu marketing, consulta TSE sobre vice e diz que rivais “estão preocupados”

08/08/2016 - Emanuel assegura permanência de Antero em seu marketing, consulta TSE sobre vice e diz que rivais “estão preocupados”

O fato de estar sendo o foco de críticas e especulações da concorrência levou o candidato do PMDB à Prefeitura de Cuiabá, deputado Emanuel Pinheiro, a tratar a situação muito mais com tom irônico que com preocupação. “Uma palavra para definir a minha candidatura: estabilidade. E é pela estabilidade, pela energia positiva, estímulo de toda a base que, por certo, está incomodando àqueles [do PSDB e PSB] que estão tentando se encontrar e até agora não se encontraram”, cutucou ele.
 
Emanuel Pinheiro garantiu a permanência do ex-senador e jornalista Antero Paes de Barros no comando do seu marketing de campanha. Ele insinuou que o candidato a prefeito do PSDB, deputado Wilson Santos, e seus aliados, seriam responsáveis por plantar os boatos de mudança no comando do seu marketing.


“Está tudo certo com o Antero. Estivemos reunidos até as duas horas da madrugada [desde domingo, 7] discutindo estratégias de campanha”, observou o candidato peemedebista. O ex-secretário de Comunicação, Pedro Pinto Oliveira, amigo de Antero, é o coordenador ajunto de marketing.
 
Sobre o risco de ser obrigado a mudar o candidato a vice-prefeito, já que o advogado Niuan Ribeiro (PTB) é proprietário de emissoras de rádio e TV, ele assegura que não há alterações. “É um advogado, jovem e tem o perfil que estamos buscando. Niuan fica, se  não houve nenhum óbice, porque é capaz de nos apresentar e representar para os 300 anos Cuiabá”, disse Pinheiro.
 
Alguns adversário entendem que Niuan é inelegível, por estar em condição similar à do empresário João Dorileo Leal (PSDB), superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, por não ter se desincompatibilizado do comando das suas empresas. Entre os supostos impedimentos para Dorileo Leal assumir a candidatura a prefeito pelo PSDB estaria o fato de ter permanecido à frente de concessionária pública – de rádio e TV – mesmo caso de Niuan Ribeiro, que é filho de Osvaldo Sobrinho e Dilza Ribeiro.
 
Pinheiro explicou que o coordenador jurídico da coligação, advogado Francisco Faiad, encaminha nesta segunda-feira (8) consulta ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e, também, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE),  para esclarecer a situação de  Niuan Ribeiro. “O jurídico vai cuidar disso. Por enquanto, estamos arredondando os últimos detalhes. Tudo dentro de seu tempo”, resumiu ele.

Da Redação - Ronaldo Pacheco