08/09/2014 - Quadrilha é presa suspeita de roubar gado em fazendas de Goiás

Grupo foi detido quando transportava 78 animais furtados, na GO-184. De acordo com o delegado, criminosos também agiam em outros estados.

 

Sete pessoas foram presas neste sábado (6) suspeitas de integrar uma quadrilha de roubo de gado que agia em Goiás e outros estados. Cerca de 15 policias detiveram o grupo na GO-184, entre Jataí e Serranópolis, no sudoeste goiano, quando eles transportavam 78 animais.

A Polícia Civil investiga a quadrilha há quase seis meses. Segundo o delegado Júlio Cesar Vargas, o grupo agia, principalmente, em fazendas localizadas no sudoeste goiano. “As informações e o que parte das nossas investigações apontam é a ação dessa associação criminosa em todo o sudoeste goiano. Inclusive, com possibilidades de atuação em outros estados fronteiriços, a exemplo do estado do Mato Grosso do Sul e o próprio estado do Mato Grosso”, disso o policial.

O delegado explicou que o grupo agia durante a madrugada. Os suspeitos informaram aos policiais que o rebanho furtado ia ser entregue em Iporá, na região oeste de Goiás.

Vítima
O pecuarista Mário Carlos de Oliveira é o dono dos animais que foram recuperados pela Polícia Civil. Ele relata que os criminosos, além de levar o gado, arrombaram a sede da fazenda e levaram quatro armas de fogo.

De acordo com Mário, ele já foi assaltado mais de uma vez. “A gente tem todo um esquema de segurança. A gente procura se precaver de todas as formas, com alarme, evitando curral abandonado, tem cadeado, mas hoje em dia nós estamos refém de uma situação”, disse o pecuarista.

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário