08/10/2015 - Polícia prende empresário acusado de estuprar funcionária

Um empresário de 59 anos, dono de um supermercado no município de Sorriso (420 km de Cuiabá), foi preso nesta terça-feira (6), acusada de estuprar uma funcionária de 14 anos.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações iniciaram após a adolescente gravar um vídeo em um dos momentos em que o acusado a assediava.

Nas imagens, o empresário começa beijar o rosto da vítima e em seguida coloca a mão da garota nas partes íntimas dele.

Com as informações da adolescente, o delegado Bruno Sérgio Magalhães Abreu representou pela prisão temporária do empresário e o pedido foi deferido pela Justiça.

Segundo a Polícia, o acusado foi preso ao abrir o supermercado. No local, foram encontradas duas armas e munições.

Uma terceira arma foi apreendida no apartamento do acusado, no Centro de Sorriso. Nenhumas delas estavam regularizadas.

O delegado acredita que a adolescente não seja a única vítima do empresário.

“Um fato que me causou estranheza é que, na parte da tarde, ele só contratava adolescentes", disse Abreu.

Conforme a Polícia Civil, o empresário vai responder pelo crime de estupro.

Em interrogatório, o empresário negou ter assediado a menor e disse que as armas apreendidas eram usadas para segurança do estabelecimento.

Operação "Neverland"

A prisão do empresário é a terceira dentro da Operação ‘Neverland’, que combate e exploração e crimes sexuais contra menores de idade.

Na semana passada, policiais prenderam um fazendeiro, acusado de estuprar uma menina de 13 anos, e um jardineiro suspeito de assediar mais de 20 meninas menores de idade.

 

 

Midia News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário