08/12/2013 - Índio diz ter confundido irmão com peixe e dispara uma flecha no pescoço do outro

O indígena Felipe Tomé Caetano, de 16 anos, sobreviveu após ser atingido por uma flecha, que perfurou seu pescoço, durante uma pescaria. O incidente ocorreu nessa quarta-feira (4), em comunidade indígena no município de Bonfim, região Norte de Roraima. Segundo informações de enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o rapaz perdeu muito sangue, mas passa bem.

De acordo com informações do Samu, o jovem estava pescando com o irmão, quando ao mergulhar foi atingido com uma uma flechada na região do pescoço. Segundo familiares da vítima, o autor da flechada foi o irmão de Felipe, que alegou que lançou a flecha por engano, pensando que o adolescente era um peixe.

Os enfermeiros informaram que apesar da flecha ter perfurado bastante o pescoço da vítima não acertou a artéria e por isso Felipe passou por um cirurgia e o estado dele é estável, e não corre risco. O indígena está internado no trauma do Hospital Geral de Roraima e o tempo todo ficou consciente.

 

Jornal da Notícia 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário