09/01/2015 - Quatro assaltantes de carro-forte são presos e dois mortos em confronto com a polícia de MT e GO

09/01/2015 - Quatro assaltantes de carro-forte são presos e dois mortos em confronto com a polícia de MT e GO

No dia 06/01, um carro-forte da empresa Brinks foi assaltado próximo ao distrito Indianápolis, município de Barra do Garças. Conforme informações do Comandante do 16º Batalhão de Polícia Militar de Água Boa-MT, Gyancarlos Paglyneari Cabelho,na ação quatro criminosos abriram fogo contra o blindado, sendo que os vigilantes revidaram.

Devido ao grande poder bélico dos assaltantes, os vigilantes jogaram o veiculo em um barranco e empreenderam fuga a pé na mata, saindo ilesos na ação. Os marginais tomaram de assalto um caminhão e o atravessaram na BR 158, além de mandar um ônibus de viagem, cheio de passageiros, parar no meio da pista, bloqueando completamente o trânsito.

Com a pista bloqueada os ladrões colocaram explosivos no carro forte e estouraram o cofre, contudo, não conseguiram subtrairo dinheiro, pois não havia nada sendo transportado. Desta forma, entraram novamente no veículo Fiat Doblô e seguiram até um determinado ponto, oportunidade em que trocaram o Doblô por uma Palio Adventure e atearam fogo no Doblô.

Quando a pista foi bloqueada, os veículos que circulavam informaram ao Posto Policial Militar de Indianápolis e este solicitou apoio às demais unidades policiais da região. Quando as guarnições policiais chegaram ao local, levantaram as informações de como foi realizado o assalto e o rumo provável tomado pelos assaltantes. Assim foi desencadeada uma grande operação com a participação de todas as unidades da PM da região, além da Polícia Civil.

Durante a operação verificou-se que os bandidos estavam no veículo Palio Adventure Prata e tinham seguido rumo ao Estado do Goías. A Polícia Militar repassou todas estas informações para as polícias das cidades de Britânia-GOe Aruanã-GO, todas divisa com MT.

Na cidade de Aruanã-GO, os policiais locais avistaram o veiculo suspeito, iniciando um acompanhamento à distância. Os criminosos se refugiaram em uma residência e as polícias Militar e Civil locaisforam até a casa, momento em que dois bandidos que serviam de olheiros, fugiram, um para o interior da residência e o outro tentou despistar os policiais.

Quando os policiais confirmaram que os bandidos estavam naquele local, prenderam o marginal que estava do lado de fora e começaram a cercar o imóvel.

Com a presença das polícias, os bandidos que estavam no interior do imóvel empreenderam fuga pulando muros, oportunidade em que dois foram presos. Sem saber se tinha restado ladrões dentro da casa e sabendo que o poderio bélico em poder dos criminosos era muito forte, a Polícia Militar local solicitou reforço de outras unidades, bem como solicitou o auxilio da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso.

Duas guarnições da PMMT deslocaram de imediato em apoio. No local, a casa foi cercada e após a chegada de mais Policiais Militares de Goiás, a casa foi invadida pela PM.

No interior da residência não foi localizado nenhum outro criminoso, contudo, foram apreendidas 01 (uma) pistola Clock Modelo G21 Calibre .45, com 01 (um) carregador desprovido de munições, 01 (um) rifle de precisão Modelo BA50 Calibre .50, com numeração raspada, 01 (um) rifle OlimpicArms Modelo MFR/CH1992 Calibre 223, 01 (um) fuzil FultonAmory Modelo FAR/15AZ1977 Calibre 223, 01 (um) Fuzil New FrontierArmoryModelo LW/15 Calibre 223, 20 (vinte) munições de Calibre .45, 148 (cento e quarenta e oito) munições de Cal .223, 04 (quatro) munições de Calibre .50, 03 (três) estojos deflagrados de Cal .50, 03 (três) coletes balísticos, 04 (quatro) veículos, 01 (uma) granada militar de uso exclusivo das forças armadas e uma grande quantidade de explosivos já preparados para serem usados.

Após as apreensões iniciou-se uma caçada aos bandidos foragidos, a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso participou ativamente de todas as buscas e diligências. Por volta das 03h00min, após a chegada de reforço policial de Goiás, os Policiais Militares de Mato Grosso retornaram para o Estado.

A busca pelos criminosos continuou no Estado de Goiás e até o presente momento já se encontram presos 05 (cinco) criminosos e 02 (dois) foram mortos em confronto, restando apenas um criminoso a ser localizado. A operação para sua captura continua ativamente.
Segundo levantamento dos setores de inteligência da Polícia Militar e da Polícia Civil, os criminosos são integrantes de facções criminosas oriundos do estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, mesmo não possuindo efetivo suficiente e equipamentos à altura, não mede esforços para proteger a sociedade e para isso conta com a coragem, a determinação e o profissionalismo de seu efetivo.

 

PM - ÁGUA BOA

Comentários

Data: 10/01/2015

De: EU

Assunto: parabems

E assim q tem q ser feito com esses badidos que achão q podi tudo os cara vem la do inferno para fazer bagunça em nossa região tomara q os q forão presos fiquem um bom tempo na prizão e pros q morrerão q o capeta recebam com festas

Data: 09/01/2015

De:

Assunto:

Novo comentário