09/03/2013 - Ex- funcionário da prefeitura é preso aplicando golpe da casa própria

Magnum Martins de Aguiar exigia pagamento de pelo menos R$ 3 mil para entregar a chave da casa própria, além de um depósito inicial de R$ 300,00. O homem aboradava pessoas humildes e dizia que assim elas teriam acesso ao grande sonho de suas vidas: a casa própria. Segundo Magnum, as casas eram remanescentes do Programa Minha Casa Minha Vida.

O problema é que Magnum não era servidor da prefeitura e muito menos estava autorizado a fazer qualquer negociação. O golpe foi descoberto e a Polícia Civil o prendeu na manhã de sexta-feira (08).

A assessoria da prefeitura informa que denúncias feitas na Secretaria Municipal de Cidades foram encaminhadas para a polícia, acusando Aguiar de aplicar uma série de golpes. Magnum se identificava como servidor municipal responsável por “agilizar” a entrega das chaves de residências ainda não ocupadas. Pelo menos seis pessoas teriam sido vítimas do golpe. 

Esclarecimento

Em nota publicada no site da prefeitura, a administração municipal informa que não vende e nem doa casas do Programa Minha Casa Minha Vida, ou de qualquer outro programa habitacional. Cabe à Secretaria de Cidades somente fazer o cadastramento das famílias aptas a concorrer e passar para a Caixa Econômica Federal, que então faz a análise e concede o benefício.

“É importante o cidadão verificar os seus direitos. Muitas pessoas que acreditam em benefícios oferecidos por golpistas são candidatos que se enquadram nos programas habitacionais”, destacou o secretário municipal de Cidades, Suelme Evangelista.

 

Da Redação - Rodrigo Maciel Meloni

COMENTÁRIOS

Data: 05/12/2014

De: Nike Dunk

Assunto: xjzkdp@gmail.com

Data: 02/12/2014

De: Nike Air Max 95

Assunto: ptmkvtndods@gmail.com

Novo comentário