09/03/2015 - Gerente Regional da Energisa fala sobre as constantes quedas de energia na região norte do Araguaia

Cidades do norte do Araguaia têm sofrido constantes quedas de energia elétrica e recentemente dois apagões de grande porte afetaram várias cidades devido a quedas de torres de sustentação do linhão de mais de 900 quilômetros de extensão.

A distribuição de energia especialmente para o norte Araguaia é um dos grandes desafios herdados pela Energisa, ao assumir o controle da Cemat. Isso porque toda a região é atendida por uma linha de alta tensão (138 kV), e que tem um único ponto de suprimento de energia na região sul, em Ribeirãozinho a subestação Barra do Peixe, de propriedade da Eletronorte. Isso significa que qualquer ocorrência na linha afeta todos os municípios ao norte.

Antes da Energisa assumir o controle da Cemat, a Cemat já havia informado que a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) teria aprovado um novo ponto de suprimento no município de Canarana, por meio de uma linha de transmissão a partir da futura Subestação Paranatinga, integrante do sistema de escoamento da Usina Hidrelétrica Teles Pires, com previsão de entrada em operação para 2017. Com esta configuração, a partir de 2017, o sistema seria suprido por duas fontes: Barra do Peixe e Canarana, com melhora significativa na qualidade e continuidade do fornecimento de energia. Porém, esse ponto de suprimento entrou em leilão duas vezes em 2014, sem interessados na execução do lote.

A EPE tem estudos também para um terceiro ponto de suprimento, por meio da construção de uma subestação em Santana do Araguaia, no Pará. Porém ainda não há previsão de leilão para este terceiro ponto.

Na tarde da ultima terça, 3 de março, o gerente regional da Energisa Jorge Eduardo concedeu um entrevista a Rádio Comunitária Eldorado FM, na ocasião relatou sobre os fatos ocorridos e segundo ele as quedas de energia são realmente por que a linha de distribuição de energia é muito longa. Existem algumas centrais de distribuição paralelas, porem essas não funcionam de forma insoladas para que consiga suportar toda carga do sistema. Jorge falou ainda em entrevista que o certo seria ter outras fontes de suprimento não só a Eletronorte de Ribeirãozinho.

Prejuízos

No caso de perdas de alimentos perecíveis perda de aparelhos eletrônicos devido à falta de energia o gerente Regional Jorge Eduardo orienta os consumidores que procurem as unidades de serviços de cada cidade no caso de Vila Rica a solicitação de um técnico pode ser obtida através do telefone (66) 3554-1210 ou através do 0800-646496 para que seja registrado e posteriormente seja feito uma vistoria para que todos os procedimentos sejam tomados uma vez constatados que realmente o consumidor foi prejudicado pela falta de energia.

 

 

Eldorado.fm
Vila Rica-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário