09/04/2015 - Ponte cede e caminhão cai em córrego na zona rural de Nova Olímpia

09/04/2015 - Ponte cede e caminhão cai em córrego na zona rural de Nova Olímpia

Uma ponte cedeu durante a passagem de um caminhão sobre o córrego Jacu, a aproximadamente 54 quilômetros do perímetro urbano de Nova Olímpia. O acidente aconteceu na manhã de segunda-feira (06).

O caminhão, pertencente a Prefeitura de Barra do Bugres estava carregado de pedras (seixo rolado) e pesava aproximadamente 30 toneladas. Apesar do susto, o motorista não se feriu.

Segundo o responsável pela Defesa Civil de Nova Olímpia, Valdeci “Braddock” dos Anjos Gonçalves, o trecho que fica nas proximidades do assentamento Riozinho foi interditado e não há previsão para ser liberado. A alternativa para os motoristas é utilizar um desvio que aumenta o percurso em 40 quilômetros para se chegar à cidade.

Conforme Braddock, a ponte estava na principal via de acesso dos Assentamentos Rurais Riozinho, Jatobá, Oziel Pereira  e Paloma. “Além de aumentar o percurso de deslocamento para a cidade, ainda dificulta a rota dos ônibus para levar pelo menos 60 alunos daquelas comunidades até a Escola Estadual Reinaldo Dutra Vilarinho, no Rio Branco”, disse, acentuando que aproximadamente 300 famílias utilizam a via.

Ele resumiu informando que a ponte deverá ser reconstruída por completo.

Sete pontes danificadas

Segundo o relatório da Defesa Civil existem sete pontes comprometidas na zona rural de Nova Olímpia. “Essas pontes estão colocando em risco os transeuntes das comunidades rurais para o perímetro urbano do município e precisam ser reconstruídas”, disse Braddock.

Segundo ele, as pontes ficam localizadas na comunidade ‘Prega Fogo’, sobre o Rio Branco com 31 metros de comprimento e 05 metros de largura; sobre o córrego São Vicente com 12 x 05 metros; sobre o Rio Branco na comunidade Paulista com 20 x 05 metros; sobre o Rio Riozinho na estrada que liga o município de Nova Olímpia ao distrito de Nova Fernandópolis (Barra do Bugres) com 20 x 05 metros; sobre o córrego Jacu na estrada intermunicipal após o assentamento Riozinho com 13 x 05 metros e por final a ponte que cedeu sobre o mesmo córrego Jacu, com 12 x 05 metros.

Ponte será construída com recursos do FETHAB

O prefeito Cristovão Masson se deslocou para Cuiabá na manhã de terça-feira (07), onde acompanhado do deputado Saturnino Masson, esteve reunido com o secretário de Estado de Infraestrutura (SINFRA), Marcelo Duarte na busca de apoio para reconstrução da ponte.

“O secretário nos passou que o Estado não tem disponibilidade orçamentária para ajudar na obra e que devemos utilizar de recursos próprios e do FETHAB para a reconstrução da ponte”, disse Cristovão.

Ele destacou que Marcelo Duarte garantiu enviar 5 mil litros de combustível para ajudar nos serviços, bem como nas ações de recuperação das estradas do município.

“Vamos construir uma ponte de madeira. É o que podemos fazer com o pouco recurso que temos”, disse o prefeito. Ainda segundo Cristovão, será feito um cronograma para recuperar as demais pontes. “Os recursos são escassos, mas vamos trabalhar com muita determinação para resolver o problema o mais breve possível”, garantiu o prefeito.

 

 

Escrito por assessoria de imprensa 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário