09/08/2012 - Parceria entre Segurança de MT e Goiás reforça a qualidade das ações policiais dos dois estados

Barra do Garças, MT - O secretário de Estado de Segurança Pública, Diógenes Curado Filho, e o secretário de Estado de Segurança e Justiça de Goiás, João Furtado Neto, assinaram nesta terça-feira (07.08) o Termo de Cooperação Técnica que objetiva o desenvolvimento integrado de ações policiais preventivas e repressivas, além de atuações ostensivas e investigativas nas atividades daS polícias Civil e Militar, nos socorros de urgência e combate a incêndio pelo Corpo de Bombeiros Militar e também nos casos de atuação da Perícia Oficial. 

A assinatura do Termo de Cooperação aconteceu durante a 89ª Reunião do Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E), realizada na Câmara Municipal do município de Barra do Garças. 

O planejamento estratégico de operações conjuntas na região fronteiriça, bem como a utilização de um canal único de rádio na realização dessas operações, facilitando consultas recíprocas de banco de dados sobre criminosos e mandados de prisão, além da criação de núcleos de ação contra as drogas nas delegacias regionais, são alguns dos tópicos dispostos na parceria interestadual firmada. 

O secretário de Justiça e Segurança Pública de Goiás lembrou que o trabalho integrado entre os dois estados já existe, mas que a partir de agora as ações serão realizadas de forma oficial. "Com o Termo de Cooperação vamos unir o que há de melhor nos dois estados para conter a criminalidade e tornamos mais fortes, operacionais e eficientes", falou. 

Uma das cláusulas do Termo de Cooperação envolve a troca de vagas em cursos de formação e especialização na área da segurança, trabalho operacional e de inteligência em conjunto, uso de viaturas, equipamentos, efetivo e armamento. Prevê também a agilização das polícias dos dois estados quando solicitadas a fecharem barreiras ou divisas fronteiriças nos casos em que a situação exigir ação rápida e eficaz. 

O Termo também permite a expedição de carta precatória entre os delegados regionais de ambos estados nas cidades competentes da região de fronteira no combate ao crime organizado, e a utilização de serviços de Perícia Oficial para fins de sequência investigativa, bem como salvamentos e combate a incêndios pelo Corpo de Bombeiros Militar, visando a preservação da vida e patrimônio. 

As articulações entre as instituições ficará a cargo do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) de cada Estado. Além dos respectivos secretários, assinaram também o Termo de Cooperação os representantes de cada instituição ligada à segurança pública de Mato Grosso e Rondônia, como Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Perícia Oficial. 

O secretário Diogenes Curado Filho ressaltou a importância de integração com o Estado vizinho. "O Termo de Cooperação visa uma integração maior das instituições de segurança pública para que possamos melhorar o nosso trabalho na região e, dessa forma, combater a criminalidade na região", disse. 

Ainda na reunião do GGI, a Promotoria de Justiça, polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Politec fizeram a apresentação das ações promovidas pelas instituições na região.

 

LUZIA ARAÚJO

Assessoria/Sesp-MT