09/09/2011 - Ladrões do Friboi queriam salário dos 1200 funcionários

O assalto ao maior frigorífico de Mato Grosso, o JBS/Friboi, tinha como objetivo levar todo o pagamento dos 1.200 funcionários da empresa, porém a quadrilha não contava com o fato da indústria ter antecipado o 'acerto das contas'. Essa é uma das linhas de investigação da Polícia Civil de Barra do Garças, que com o fim da greve, está empenhada para identificar e prender envolvidos no roubo de R$ 75 mil de um cofre e de um caixa eletrônico dentro do frigorífico.

O delegado-adjunto da Roubos e Furtos (Derf), Heródoto Fontenelle, informou que está avaliando as imagens das câmeras de segurança, das que não foram danificadas ou desviadas pelos ladrões. Cerca de dez homens participaram do assalto. Alguns chegaram pelo rio, dominando os guardas do fundo e depois rendendo os que estavam na frente.

Os funcionários foram postos numa sala e alguns até amarrados. A quadrilha permaneceu dentro da empresa por uma hora, inclusive usando maçarico e ferramentas para arrombar o cofre e o caixa eletrônico. Um dos bandidos chegou a reclamar dizendo que havia apenas uma ‘merreca’ dentro do caixa eletrônico.

O frigorífico JBS/Friboi trabalha com abate de 1.500 cabeças de gado/dia e hoje é o maior empregador do Vale do Araguaia.

 

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.