09/10/2013 - Fifa admite que pacote de obras em Cuiabá não fica 100% pronto no prazo

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke,  admitiu nesta terça-feira (8) em  Cuiabá que o pacote de obras lançadas como preparativos da Copa de 2014 na cidade não deverá ser concluído em sua totalidade até o início do evento mundial. Valcke é a segunda autoridade ligada à organização do torneio a contrariar os prognósticos otimistas do governo estadual após o Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontar atrasos em mais de 90% dos projetos. O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, também reconheceu que o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) não ficará totalmente pronto para o evento.

 

Representante da Fifa na fiscalização das 12 cidades-sede brasileiras, Valcke adotou um discurso moderado: embora sem especificar, reconheceu a preocupação quanto à entrega de todas as obras prometidas para o evento mundial, mas mostrou-se confiante em relação à entrega dos projetos essenciais para Copa. Tratam-se do estádio Arena Pantanal, da ampliação do aeroporto de Várzea Grande (na região metropolitana da capital), dos Centros Oficiais de Treinamento (COT) e do Fan Park.

 

“Haverá um número de projetos que serão concluídos após a Copa do Mundo. Este é o caso aqui, em Cuiabá. Mas haverá projetos suficientes concluídos em maio para se deixar claro que haverá um nível de mobilidade disponível em Cuiabá que será o bastante para receber os torcedores, a imprensa e as autoridades que assistirão aos jogos realizados aqui”, declarou Valcke.

 

Escrito por Renê Dióz

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário