09/10/2015 - Governo encaminha projeto da ZPE ao Legislativo

O Governo do Estado encaminhou esta semana à Assembleia Legislativa mensagem sobre a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Cáceres. O projeto está na pauta de prioridades da atual administração e prevê o aumento da participação acionária do Executivo na Azpec (Administradora da Zona de Processamento de Exportação de Cáceres) para integralização de R$ 16 milhões e, assim, realizar a primeira fase do projeto. Em reunião nesta quarta-feira no Palácio Paiaguás, o governador Pedro Taques recebeu o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Seneri Paludo, o deputado estadual Leonardo Albuquerque e o prefeito de Cáceres, Francis Maris, para tratar do assunto.

 

A Sedec informa que o projeto arquitetônico está pronto e que os projetos complementares, por sua vez, estão sendo finalizados pela prefeitura de Cáceres. Com o projeto executivo concluído, que incluem o arquitetônico e os complementares, será possível iniciar os trâmites legais para lançar o edital de licitação para a primeira fase, que tem o valor inicial previsto de R$ 16 milhões.

 

Esta primeira etapa consiste na construção do módulo de infraestrutura básica, que inclui o prédio administrativo da ZPE, guarita, restaurante, espaço aduaneiro da Receita Federal, galpão de armazenagem e pátio. A área total da ZPE é de 239,68 hectares a serem divididos em cinco módulos. O projeto total está orçado em R$ 60 milhões.

 

“O governador Pedro Taques entende que a ZPE é de extrema importância para o desenvolvimento socioeconômico regional de Mato Grosso e as empresas que se instalarem no distrito industrial em Cáceres darão uma nova dinâmica para a economia da região, que fará a ligação comercial do Estado com o mercado andino”, afirma o secretário Seneri Paludo.

 

Conforme o deputado Leonardo, a Assembleia também está à espera dos projetos da Prefeitura para que o Estado dê o próximo passo. “O governador tem uma atenção especial com o nosso município. Agora estamos aguardando os projetos da prefeitura para darmos encaminhamento na licitação da obra”.

 

A Zona de Processamento de Exportação é um distrito industrial incentivado, onde as empresas operam com suspensão de impostos e procedimentos administrativos simplificados e devem destinar 80% da produção à exportação.

 

 

 

Sandra Pinheiro Amorim

Assessoria/Sedec-MT

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário