09/12/2011 - SINDIJUFE-MT APROVA MOÇÃO DE REPÚDIO CONTRA PERSEGUIÇÕES

Por deliberação da Categoria, o SINDIJUFE-MT aprovou uma moção de repúdio a todo  tipo de opressão, assédio e perseguição que os Servidores Públicos sofrem no desempenho do seu Trabalho, como aconteceu com  o Servidor Público do TRE-MT, Anderson Alarcon.

Especialmente em relação aos Cartórios Eleitorais, através do SINDIJUFE-MT a Categoria  repudia a pressão de políticos que venham a atuar com instrumentos de pressão em processos de perda de mandatos eletivos, colocando a culpa nos Servidores Públicos dos Cartórios.

Na moção de repúdio o SINDIJUFE-MT destaca que estará atento e cobrará das autoridades as devidas providências.

 


O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal de Mato Grosso, representando os Servidores da Justiça Federal, Justiça Eleitoral e Justiça do Trabalho do Estado de Mato Grosso, por deliberação da Categoria em Assembléia Geral Extraordinária e Ato Público de Greve realizados no dia 07 de novembro de 2011, Dia do Servidor Público, vem, nesta data, repudiar todo o tipo de opressão, assédio e perseguição que os Servidores Públicos sofrem no desempenho do seu Trabalho. Repudia as perseguições e pressões a que os Servidores Públicos estão expostos e suscetíveis a situações como as que experimentou o Servidor Público do TRE-MT, Anderson Alarcon.

Em especial, em relação aos Cartórios Eleitorais, repudia a pressão de políticos que venham a atuar com instrumentos de pressão em processos de perda de mandatos eletivos, colocando a culpa nos Servidores Públicos dos Cartórios. Por fim, afirmamos que o sindicato da categoria estará atento e cobrará das autoridades as devidas providências.

 

Por Luiz Perlato - jornalista do Sindijufe-MT


 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário