10/02/2011 12h:57 Sucateado, Programa de Saúde Rural deixa de assistir comunidades de Cuiabá






Foto: Sandra Carvalho
Dona Juvenil reclama do que ela chama de "abandono"
Moradores de comunidades rurais de Cuiabá tem que se deslocar até a sede do município caso precisem de assistência básica à saúde, com algumas exceções. A situação é o resultado do sucateamento do Programa de Saúde Rural do município, que não possui mais veículos e equipe completa para visitar as comunidades, garantindo serviços in loco como consultas, medicamentos e vacinas.

Na comunidade 21 de Abril, região sul da cidade, dona Maria José Salomé dos Santos, 67 anos, e o esposo Teodoro Torquato dos Santos, 68, com a saúde bastante fragilizada, precisam ir de ônibus até um dos PSFs do bairro Pedra 90, para ter acesso a serviços de saúde. Ele anda com muita dificuldade e o marido também já tem problemas motoros.

Ainda precisam de uma pessoa para acompanha-los até a cidade uma saída dessas custa R$ 48 mais despesas de alimentação porque cada passagem de ônibus é R$ 8 e há apenas um horário por dia para retornar à comunidade. Assim, eles tem que passar praticamente o dia todo no Pedra 90. “O medicamento é grátis, mas temos que gastar muito dinheiro com as passagens”, reclama seu Teodoro.

 


Foto: Sandra Carvalho
O casal Maria José e Teodoro têm dificuldades para ir até o Pedra 90 em busca de assistência
Dona Juvenil Lemos de Souza, 62 anos, demonstra uma grande tristeza por conta dessa dificuldade vivenciada por mais de 10 comunidades rurais da região. “Nós estamos aqui abandonados”, reclama, lembrando que antes, mesmo demorando um pouco, o médico ia até lá e examinava; as enfermeiras colhiam sangue e vacinavam as crianças e os adultos.

Para percorrer as comunidades rurais é necessário veículos apropriados e equipados, além de uma equipe de profissionais com perfil para este tipo de trabalho, ou seja, que não tenham resistência para prestar serviços na zona rural. O Programa de Saúde Rural estaria sendo desativado por falta de veículos e de profissionais com este perfil.

Blog da Sandra Carvalho