10/02/2011 - 13h:07 Empresário morre depois de suposto assalto e família está inconformada

Dorílio Afonso Vilela, 70 anos, morreu na madrugada dessa quarta-feira (09) depois de ficar cinco dias internado em um hospital particular de Cuiabá. Ele, que era empresário, foi vítima de uma suposta tentativa de assalto no dia 4 deste mês. A polícia irá investigar o caso, já que a família não acredita na hipótese.
Conforme o boletim de ocorrência, Dorílio estava em casa com a esposa, quando o suspeito invadiu a residência anunciando o assalto, porém ao invés de procurar por dinheiro ele pediu pelo marido da mulher.
O empresário estava tomando banho no momento em que foi abordado pelo assaltante. Ele reagiu e entrou em luta corporal com o suspeito, que acabou efetuando três disparos e acabou fugindo sem levar qualquer objeto ou dinheiro.
Dorílio foi encaminhado às pressas para o Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC) e posteriormente para o Hospital Santa Rosa, onde ficou internado por cinco dias, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
O empresário morava em Cáceres e trabalhava no ramo de combustíveis. Ele e a família haviam se mudado para a capital há pouco tempo. Diante da forma como o assaltante reagiu no momento em que invadiu a casa, a família se recusa a acreditar que de fato o rapaz entrou para assaltar a residência.
Conforme a delegada Anaíde Barros, que atendeu a liberação do corpo, a família estava inconformada e a esposa da vítima chegou a passar mal e teve que ser retirada do hospital. O caso será investigado pelo delegado André Renato.

Da Redação - Julia Munhoz