10/02/2015 - Nova Xavantina: MLT desocupa pacificamente Fazenda Andorinha; movimento aguarda decisão de Cuiabá

Conforme o site Interessante News noticiou, está sendo cumprida nesta segunda feira, 09, a liminar de reintegração de posse expedida pela Justiça de Nova Xavantina, em desfavor dos líderes dos sem terra do MLT - Movimento Luta pela Terra, que desde o último dia 07 de janeiro ocupam uma área da Fazenda Andorinha, em Nova Xavantina, com aproximadamente 170 famílias.

A força tarefa da PM composta por policiais militares da ROTAM de Cuiabá e do Comando Regional da PM chegou ao local por volta das seis horas da manhã de hoje, e não encontraram resistência por parte dos acampados, que pacificamente estão desmontando seus barracos e se preparando para deixar a área.
 
A operação é coordenada Comandante da PM de Nova Xavantina, Major Escolástico, e conta com a presença do Comandante  da Regional da PM sediada em Água Boa, Coronel Jorge Medeiros Magalhães, que está pessoalmente ao lado do Major participando da operação.
 
O reclamante da liminar, Sr. Ricardo Babo, disponibilizou caminhões para as famílias transportarem seus pertences, além do ônibus alocado pela PM para o mesmo fim. O líder nacional do MLT, Jaciel Alves Bueno também está no local acompanhando os trabalhos.
 
 ILEGAL
 
Falando à imprensa local, Jaciel disse que a ação é ilegal, pois o Agravo de Instrumento contestando a liminar impetrado pelo MLT no Tribunal de Justiça de Cuiabá, ainda não foi julgado, portanto, para ele e para os advogados do MLT, a Justiça local não poderia ter se antecipado à decisão do TJ.
 
"Vamos sair pacificamente porque nosso propósito não é guerrear com ninguém, e sobretudo, acatar as determinações da Justiça, no entanto, afirmo que voltaremos a qualquer momento, pois o TJ ainda não julgou nosso petição, e esta liminar está baseada em documentos que já foram cancelados" disse
 
Segundo o líder dos sem terra, os acampados irão para uma área na BR-158, já acertada com a Polícia Federal de Mato Grosso, que fica próxima ao entroncamento com a MT-251, na entrada para Campinápolis, onde irão aguardar a decisão do Tribunal de Justiça. 
 
Falando ao site IN, o Comandante Escolástico disse que a força tarefa da PM permanecerá no local até que todo o trabalho seja concluído.
 
 
 
Escrito por Interessante News - Ezio Calanca Garcia - Reporter

Comentários

Data: 16/05/2015

De: flavia c. dos santos

Assunto: mlt

ola como possa saber que estes,,,,,,são mesmo impostores,ja que varias pessoas estao entrando para este grupo do mlt.

Data: 16/03/2015

De: DENNYS DE BG MT

Assunto: MENTIRAS E ESTORCAO

este mlt e mesmo mentiroso eles nao tem vinculo nenhum com o incra invade fazenda coloca as pessoas no prejuizo tem a taxa de inscricao e mensalidade absurda intimida os acampados se alguem fazer pergunta que nao os agrade vai espulso as pessoas acampadas sao obrigadas a ficar em dias com a mensalidade se nao no dia de invadir a fazenda eles nao vao se alguem querer sair do acampamento elem querem obrigar as pessoas assinar uma desistencia absurda onde a pessoa acampada e obrigada a pagar a mensalidade que estiver atrasada coloca outra pessoa na sua inscricao e cobra outra iscricao da pessoa a pessoa que sai nao tira nada nem seu barraco nem seus pertence eles tomam tudo que e seu eles rouba tudo de voce esses lideres joao batista lazaro e jaciel nao tem escrupolus e nem vergonha na cara de se apropriar das coisas dos outros e da calote nas pessoas unica forma deles conseguir terras sao invadindo fazendas ou em forma de comandato o comandato deles funciona da seguinte forma eles descobre qual fazenda que existe briga na justica vai atras do ex dono da propriedade que ja perdeu em todas audiencia este entao faz um combinado com os lideres em troca de breganha , olha eu faco o comodato para voces por um periodo de dois anos voceis invade a area toma da pessoa que e o atual dono depois que nao houver possibilidade deste ficar com a fazenda voceis me devolve ela e tudo sera acertado conforme o combinado nisso as pessoas que entram na fazenda sao obrigadas a pagar as mensalidades eles dividem as pessoas em grupo de 10 a qual entre elas tem um lider que ficara responsavel pela cobranca aquele que deixar de pagar tera seu nome exposto em reunioes e apartir do terceiro mes de inadiplencia sera expulso alem disso eles sao obrigados a repassar 10 porcento de tudo que produzir no local para os lideres, traduzindo unica terra legal para as pessoas e a faz protocolada pela presidente a qual as pessoas inscrita pelo incra e que tem direito de entrar este mlt e particular as pessoas inscrita nele nao tem seus nomes no incra a cesta basica prometida no ato da inscricao nunca chega exceto a dos lideres e cordenadores do movimento que com o dinheiro das pessoas inocente sao compradas em entregue para os cordenadores do grupo SE ALGUEM TIVER DUVIDA DO QUE AQUI E RELATADO PESQUISE POR OUTRAS CIDADES ONDE EXISTE ESTE GRUPO DE MENTIROSOS

Novo comentário