10/03/2014 - Por atraso, seleções que vão jogar na Arena devem treinar fora do Estado

O secretário de Esporte e Lazer de Várzea Grande, Cidomar de Arruda, afirma que, até agora, somente a seleção do Japão se mostrou interessada em utilizar o Centro de Treinamento Oficial do Pari, durante o período que estiver em Cuiabá para enfrentar a Colômbia, na Arena Pantanal. “As conversas estão bem adiantadas”.

 

Os demais times que jogarão, sendo Chile x Austrália, Rússia x Coreia do Sul, e Nigéria x Bósnia-Herzegovina, ainda não definiram o local de treinamento. Outra opção é o Centro de Treinamento Oficial da UFMT. Nos bastidores, no entanto, a informação é que nenhuma destas seleções se interessaram em treinar nos COT´s.

 

Caso as obras não estejam prontas antes do prazo estabelecido, as delegações estudam um plano B para o treinamento em Estados vizinhos, como Campo Grande e Goiânia. Mas antes de bater o martelo, representantes destas seis seleções devem vir a Mato Grosso, no início de abril, a fim de fazer novas vistorias e garantir que os COT´s ficarão prontos.

 

O receio na escolha dos COT´s, segundo Cidomar, é falta de garantia de que os locais estarão prontos. A previsão de entrega é em maio. As delegações, contudo, querem que este prazo seja confirmado até início de abril. A Secopa, por sua vez, assegura a finalização das obras até o mês proposto.

 

COT do Pari

O COT do Pari teve sua obra iniciada em outubro de 2012, ao custo superior a R$ 25,5 milhões. Até agora foram aditivados mais de R$ 1,3 milhão. O empreendimento terá uma área total de 52 mil metros quadrados e 250 vagas de estacionamento. O local contará ainda com salas de imprensa, cabine de transmissão, vestiários, camarotes, lounge, sala de musculação, sala de fisioterapia, alojamentos, lavanderia, cozinha, refeitório e restaurante. 

 

Após a realização dos jogos da Copa, o Centro de Treinamento será entregue à Prefeitura de Várzea Grande. Cidomar destaca que o COT, com capacidade para 3,5 mil torcedores, servirá como estádio para jogos das equipes de futebol do município. Outra possibilidade é a realização de eventos para manter a manutenção do local. “Estamos elaborando um estudo estratégico para saber a melhor forma de utilizar o COT” explica.

 

Tarso Nunes

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário