10/04/2013 - Cobertura da E.E. Coronel Ondino deve ser licitada nos próximos dias

 

O deputado Estadual Baiano Filho (PMDB) se reuniu na tarde desta terça-feira, 09.04, com o secretário de Estado de Educação (SEDUC) Ságuas Moraes para cobrar um posicionamento definitivo quanto a substituição da cobertura da Escola Estadual Coronel Ondino em Ribeirão Cascalheira.

Na presença do prefeito Reynaldo Diniz, dos vereadores Nego Schineider, Mario Valadares, Vilson Campos e dos secretários Cristian da Agricultura e Silvio da Finanças, Ságuas explicou que o projeto da Escola Ondino foi concluído em agosto e que aguarda desde setembro a aprovação de orçamento para as obras. Ainda segundo Ságuas, a Secretaria de Planejamento autorizou na ultima semana que a SEDUC oficializasse o pedido de suplementação orçamentária que deve ser autorizado nos próximos dias.

Ságuas acredita que se a suplementação for concluída com agilidade por parte da SEPLAN, as obras deverão estar licitadas em 30 dias. A substituição integral do telhado da escola está estimada em R$ 700 mil.   

Baiano Filho que já havia se reunido em outros momentos para cobrar a resolução do problema, se comprometeu em fazer gestão junto ao secretário Arnaldo Alves (SEPLAN) para a liberação o quanto antes dos recursos.

“A população, os pais, professores estão certos em protestar, nós por outro lado temos a obrigação de também cobrar do Estado e dar satisfação à sociedade, precisávamos que a SEDUC se posicionasse, é preciso que o Estado coloque em prioridade essa licitação, sob o risco de uma tragédia”, defende Baiano.

A possibilidade de uma eminente tragédia envolvendo a Escola Estadual Coronel Ondino em Ribeirão Cascalheira ganhou espaço nos veículos de comunicação do Norte Araguaia. A escola atende cerca de 1.500 alunos nos três turnos e sofre desde meados de 2012 quando a SEDUC autorizou que parte da cobertura fosse retirada para posterior substituição do telhado, o que não aconteceu. Não bastasse isso, o restante da cobertura se encontra totalmente comprometida, criticamente agravada pelo período das chuvas.  

Naiara Martins

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário