10/04/2016 - Casal morre em acidente envolvendo moto e caminhonete da polícia em Confresa

10/04/2016 - Casal morre em acidente envolvendo moto e caminhonete da polícia em Confresa

Transitar em velocidade superior à máxima em até 20% foi a infração mais autuada no trânsito, ano passado em Mato Grosso. O balanço do divulgado agora pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) mostra 219.854 casos. O apontamento é feito no listamento das dez infrações mais contabilizadas, que somaram  476.927. Os números de 2014 não foram divulgados para efeito de comparação.

Só Notícias apurou que transitar em velocidade superior à máxima em mais 20% até 50% foi a segunda infração mais registrada, com 77.286 formalizações. Em seguida apareceu a falta o uso de segurança pelo condutor ou passageiro, com 60.113 casos e posteriormente conduzir o veículo registrado que não esteja devidamente licenciado com 31.081 registros. Dirigir veículo sem possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou permissão para dirigir somou 17.609 ocorrências.

Na sexta colocação, está parar veículo sobre faixa de pedestre, mudança de sinal luminoso (fiscalização eletrônica) com 17.099 registros. Em seguida surgiu  dirigir veículo utilizando-se de telefone cellular com 16.833 casos e posteriormente transitar em velocidade superior a máxima acima de 50% com 16.500. Conduzir o veículo sem os documentos de porte obrigatório representou 9.436 ocorrências e, avançar o sinal vermelho do semáforo, 9.116.

 

 

 

Só Notícias
Weverton Correa

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário