10/05/2013 - Irmão de Zezé di Camargo é preso por dirigir embriagado em BH e deixa delegacia cantando

O cantor Werley José de Camargo, conhecido no meio musical como Camargo, foi preso na noite de quinta-feira (9) em uma das avenidas mais movimentadas de Belo Horizonte, após provocar um acidente automobilístico. De acordo com a Polícia Militar (PM), o músico, que é irmão da dupla Zezé di Camargo e Luciano, foi detido por esta dirigindo com teor alcoólico no sangue muito acima do permitido.

Segundo a polícia, Camargo conduzia seu carro pela avenida Cristiano Machado, altura do bairro União, na região Nordeste da cidade, quando teria se distraído e batida na traseira de um veículo que seguia em sua frente. Outro automóvel que vinha logo atrás também se envolveu no engavetamento.

O cantor foi submetido ao teste do bafômetro que acusou 1,38 mg/L de álcool no sangue, bem acima do acima de 0,34mg/l, limite para ser considerado crime. Ele foi detido e levado a Delegacia do Detran-MG. No local, o músico pagou uma fiança de R$ 2.500 para ser liberado. Além disso, ele teve a Carteira Nacional de Habilitação apreendida, recebeu uma multa de R$ 1.915 e ainda vai responder a processo na Justiça, podendo pegar uma pena que varia de seis meses a três anos de detenção. Ao deixar o Detran, o cantor falou com jornalistas e ainda cantou o refrão "quem esqueceu não chora. Quem chora ainda lembra", trecho da música sertaneja "Agenda Rabiscada".

No dia 3 de setembro do ano passado, Camargo foi detido em um bingo clandestino na região da Savassi. Na ocasião ele disse à polícia que sabia que o jogo era proibido. No entanto, justificou dizendo que não estava prejudicando ninguém e que estava apenas se divertindo, gastando o próprio dinheiro. No local, além dos produtos usados na estrutura do bingo, foram apreendidas 34 máquinas caça-níqueis e R$ 50 mil em dinheiro.

 

Jefferson Delbem - Hoje em Dia

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário