10/07/2012 Formatura dos alunos do Proerd é realizado com sucesso pela Polícia Militar de São Félix do Araguaia

A 2ª Companhia da Polícia Militar realizou na quinta-feira (05/07), às 19h, no Centro de Comunitário, localizado na Avenida Araguaia as margens do rio Araguaia, no centro da cidade de São Félix do Araguaia, a formatura dos alunos do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), centenas de pessoas participaram.

A Instrutora do Programa Educacional de Resistência  às Drogas e a Violência (PROERD), soldado (a) Laura, destacou a importância de unir forças com o Estado e o município para prevenir o uso de drogas. O evento contou também com várias apresentações culturais. “Trabalhar a prevenção e conscientizar as pessoas sobre os males da droga é a melhor saída para o problema. Reunimos hoje alunos do Proerd para unir forças junto ao Estado e ao município nessa dura missão”, disse.

 

Para o comandante da 2ª CIA PM de São Félix do Araguaia,  Ten. Roy Benet Rodrigues de Souza. As lições do programa orientam estudantes em fase escolar sobre os malefícios de todos os tipos de droga e como resistir à pressão de grupos para o uso de entorpecentes. “Nunca imaginamos participar de um evento tão importante como este. Muita gente não tem idéia do estrago que a droga pode trazer para a vida das pessoas e das famílias. Usar crack não leva a nada”, finaliza.

 

O Tenente Coronel Jonas Duarte de Araújo também participou da formatura que contou com a presença de toda população. “O principal objetivo do PROERD é conscientizar os alunos e pais sobre a prevenção e combate contra as drogas, o coordenador regional do Programa contra as drogas”. concluiu

 

A Solenidade de Formatura de Alunos do PROERD (Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência), contou com a presença dos alunos, funcionários e professores das escolas, além da Promotora de Justiça Eleitoral da 15ª zona Dra. Maria Coeli Pessoa de Lima, Juiz. 1ª Vara de São Félix do Araguaia – Leonísio Salles de Abreu Júnio, da Policia Judiciária Civil e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, que participou com os adolescentes atendidos pelo PETI, o Programa de Erradicação do Trabalho infantil.

 

O curso envolve crianças e adolescentes na faixa etária a partir 1ª à 5ª ano do ensino fundamental. Ao todo, foram atendidos 360 alunos, das escolas Estaduais Severiano Neves, Hilda Rocha de Sousa.

 

As crianças receberam o certificado de conclusão e realizaram o juramento do PROERD, que é o compromisso de manterem-se afastadas das drogas e da violência, ficando também responsáveis em repassarem os conhecimentos adquiridos nas aulas, para os seus familiares e amigos. Os alunos destaques também leram para o público suas redações, abordando como tema o conteúdo ministrado nas aulas do programa, demonstrando muito entusiasmo com os conhecimentos adquiridos. No final, os instrutores e alunos entoaram a Canção do PROERD, com muita animação e descontração. destacou  “O Repórter do Araguaia”.

 

O Proerd foi criado nos Estados Unidos no ano de 1983 e posteriormente expandido para o mundo, estando atualmente em cerca 54 países, dentre estes o Brasil. Na região norte, o estado de Rondônia foi o primeiro na implantação do programa, no ano de 2000.

 

O PROERD é o Programa Educacional desenvolvido no seio de algumas das ESCOLAS, com a parceria ESCOLA + POLÍCIA MILITAR + FAMÍLIA, onde professores, alunos, policiais e pais interagem, pedagogicamente, no processo ensino + aprendizagem, buscando, em trabalho extracurricular, a formatação de uma rede protetiva, que viabilize a potencialização de grupos sociais sadios, buscando a perspectiva de um amanhã digno de ser vivido.

 

O Programa consiste em uma ação conjunta entre as Policias Militares, Escolas e Famílias, no sentido de prevenir o abuso de drogas e a violência entre estudantes, bem como ajudá-los a reconhecer as pressões e as influências diárias que contribuem ao uso de drogas e à prática de violência, desenvolvendo habilidades para resisti-las.

O PROERD é mais um fator de proteção desenvolvido pela Polícia Militar para a valorização da vida, que imbuída de sua missão institucional, busca tornar a sociedade mais saudável e feliz.

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

 

 

 

Comentários

Data: 11/07/2012

De: gatinha da vila

Assunto: nhjbjhjh

AMEI ESSA FORMATURA, ACHO QUE PROGRAMAS COMO ESSE PRECISA SER REPETIDO E QUE SIRVA DE INCENTIVO PARA OUTROS ORGÃOS CRIAR MEIOS DESSAS CRIANÇAS SAIREM DO CAMINHO DAS DROGAS PARABENS A POLICIA MILITAR.

Novo comentário