10/08/2015 - Secretaria de Segurança declara luto e diz que ato foi "covarde"

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp) declarou que está em luto pela morte do policial Militar tenente-coronel Helton Wagner Martins, de 38 anos.

O tenente foi alvejado com quatro tiros, na noite de sábado (08), durante assalto em sua residência, no bairro Maringá, em Sinop (477 km de Cuiabá). Ele foi levado ainda com vida ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no início da madrugada.

A secretaria classificou o episódio como um "ato criminoso e covarde" e afirmou que o secretário de Segurança Pública, Mauro Zaque, o secretário Executivo de Segurança Pública, Fábio Galindo, o secretário adjunto de Ações Integradas da Sesp, coronel PM Joelson Sampaio, a secretária adjunta de Inteligência da Sesp, Alessandra Saturnino, o comandante geral da Polícia Militar, coronel PM Zaqueu Barbosa e o diretor geral da Polícia Judiciária Civil, Adriano Peralta, ficaram em contato permanente com as equipes da região acompanhando o andamento das operações em Sinop. 

"A Sesp, tão logo soube do fato, determinou reforço do policiamento da região para Sinop bem como apoio das tropas especializadas como Força Tática, Rotam e Bope, e da Delegacia Regional da Polícia Civil de Sinop para a busca dos criminosos", diz trecho da nota.

Ainda em nota, a Sesp afirmou que "não aceitará ataques a policiais, que são o seu maior patrimônio, e prestará todo o apoio necessário à família do militar".

O crime

A esposa do tenente, Cristina Martins, também foi vítima do assalto e foi alvejada com três tiros. Ela passou por cirurgia e está sob cuidados médicos, no mesmo hospital. 

Também estavam na casa no momento do assalto dois filhos menores do casal e uma sobrinha. Nenhum deles se feriu. 

De acordo com o comandante Regional da Polícia Militar de Sinop, tenente-coronel PM Valter Luis Razera, os quatro assaltantes, sendo três menores, foram localizados durante a madrugada deste domingo (09.08). 

O maior de idade, que deu apoio com uma caminhonete Hilux de cor preta, foi preso no município de Santa Carmem, distante 30 quilômetros de Sinop. Os demais, adolescentes, foram apreendidos em residências de familiares e amigos, na cidade de Sinop. Nenhum produto de roubo foi apreendido com eles. 

Ainda hoje (09.08) os quatro deverão ser encaminhados à unidade prisional e socioeducativa de Sinop. 

O tenente-coronel PM Helton Wagner Martins atuava há 7 anos em Sinop e tinha 22 anos de carreira na Polícia Militar de Mato Grosso. 

 

 

Lucas Rodrigues 
Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário