10/08/2016 - Wilson Santos define núcleo duro e coordenadores de campanha; veja nomes

10/08/2016 - Wilson Santos define núcleo duro e coordenadores de campanha; veja nomes

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) acaba de anunciar os membros que irão compor o “núcleo duro” de sua campanha a prefeito em Cuiabá. O coordenador geral será o ex-deputado estadual Carlos Brito (PSB), o coordenador político será o deputado federal Fábio Garcia (PSB), a coordenação jurídica ficará nas mãos do advogado José Antônio Rosa e a coordenação de mobilização política será responsabilidade de Cido Alves. 
 
Santos encabeça a coligação Dante de Oliveira, que abarca 12 legendas. Seu vice é o vereador Leonardo Oliveira (PSB), sobrinho do ex-governador que dá nome à aliança política. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (9), mas ainda falta definir uma peça fundamental para a campanha: o marqueteiro.
 
De acordo com Wilson, deverá ser escolhido um profissional local. A previsão é que uma definição saia nas próximas 48h. Desde que se confirmou a candidatura de Santos, na última sexta-feira (5), cogita-se nos bastidores a possibilidade de Antero Paes de Barros deixar a campanha de Emanuel Pinheiro (PMDB) para atuar ao lado de Wilson, com quem já fez campanhas vitoriosas.
 
Outro nome cotado é o do ex-secretário de Comunicação e Governo do município, jornalista Kleber Lima, que seria o marqueteiro de Mauro Mendes (PSB) antes de o prefeito desistir de tentar a reeleição. Considerado braço-direito do atual prefeito, Lima até já havia sido exonerado do cargo para se preparar para a disputa. Seu acordo, no entanto, era com Mendes e as negociações da chapa começaram do zero após a mudança de candidato.

"O Antero é um grande profissional, disputado por todos, assim como Kleber Lima. Eles são grandes profissionais que se consolidaram com muito trabalho", declarou Wilson. 

De saída do governo

O secretário de Agricultura Familiar do Estado, Suelme Fernandes, presidente municipal do PSB, não está definido em nenhuma função específica, mas adiantou que irá conversar com o governador Pedro Taques (PSDB) porque tem a intenção de se engajar em prol da candidatura de Wilson Santos. O tucano o convidou oficialmente, durante a coletiva, para participar da campanha.

Já Paola Reis, secretária adjunta da Casa Civil do Estado, deverá assumir a interlocução com as lideranças comunitárias em Cuiabá. Ela já foi do staff de Wilson na prefeitura e coordenou a mobilização na campanha de Pedro Taques a governador. A secretária já foi filiada ao PDT e acompanhou o governador na migração para o PSDB.

Elias Santos, cunhado do candidato, também deixará presidência da Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat) para participar da campanha. Ele fez a coordenação financeira de diversas campanhas de Wilson Santos, mas sua função nesta campanha não foi anunciada. 

O responsável pelo plano de governo será o secretário de Planejamento do município, Guilherme Muller. Ele é economista e mestre em Economia pela Universidade de Brasília (UnB). Professor aposentado da UFMT, foi secretário geral do Ministério da Agricultura e Reforma Agrária e Diretor Nacional de Planejamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, secretário de Planejamento e Coordenação do Estado de Mato Grosso, chefe da Casa Civil e secretário de Estado de Fazenda do Estado de Mato Grosso. Também foi secretário Municipal de Fazenda de Cuiabá, além de presidente da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais e presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso (ADUFMAT).
 
Carlos Brito é suplente de deputado estadual pelo PSB. Ele chegou a disputar em 2012 a Prefeitura de Cuiabá pelo PSD, mas acabou em quinto lugar. Depois da eleição, foi secretário de Mauro Mendes e se exonerou a tempo de concorrer em 2014. Considerado político experiente, Brito tem bom trânsito com lideranças comunitárias, já ocupou uma cadeira na Assembleia Legislativa, foi presidente da Câmara, assumiu a Prefeitura de Cuiabá, foi secretário de Segurança Pública e diretor da Agecopa.
 
O deputado federal Fábio Garcia é o presidente estadual do PSB, partido que indicou o vice de Wilson Santos. O congressista foi o primeiro cogitado para substituir Mauro Mendes na chapa governista, mas declinou. Ele deverá ter atuação fundamental para manter as bases do prefeito em torno de Wilson Santos.
 
O advogado José Antonio Rosa já foi vereador por Cuiabá e é um especialista em disputas eleitorais, tendo trabalhado com Wilson Santos em campanhas vitoriosas consecutivas pela Prefeitura de Cuiabá. Também atuou pela coligação de Mauro Mendes em 2012, quando o socialista venceu a disputa pelo Palácio Alencastro. Em 2014, atuou na coordenação jurídica de José Riva, então candidato ao governo pelo PSD, posteriormente substituído por Janete Riva (PSD).

 

 

 

Da Reportagem Local - Laíse Lucatelli/ Da Redação - Lucas Bólico

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário