10/08/2016 - Incêndio em reserva indígena em MT está fora de controle

10/08/2016 - Incêndio em reserva indígena em MT está fora de controle

Até o momento um incêndio em reserva indígena Rio Formoso, na região de Tangará da Serra (239 km de Cuiabá), que começou na quarta-feira (3), ainda não foi controlado. A linha de fogo atinge aproximadamente 18 quilômetros de extensão e com ocorrência na copa das árvores.

Há 12 bombeiros e 24 índios da brigada indígena que integram o Programa PrevFogo do Ibama, atuando no controle da queimada. Há a necessidade de emprego de um avião com capacidade de 3 mil litros d’água para auxiliar o trabalho.

Não há relatos de feridos. A preocupação é que o fogo avance para fazendas próximas, onde estão sendo feitos aceiros emergenciais. 37,1% dos focos de todo o país estão concentrados na região de cerrado.

A Fundação Nacional do Índio (Funai) acompanha o desenrolar da ocorrência. Neste momento, não há mais registros em outros pontos do Estado na proporção deste caso.

Mato Grosso

Entre este domingo (7) e segunda-feira (8) o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou 197 focos de calor no Estado. Nova Nazaré é o município com maior índice, somando 17 incêndios. Na sequência vêm Campinópolis com 15, e Barra do Garças com 10. Tangará da Serra tem apenas 2.

Em uma semana, Mato Grosso teve 2.434 incêndios. Gaúcha do Norte lidera os focos entre dia 01º de agosto e hoje, com 180 registros. Nova Nazaré fica em segundo, com 164 e Alto da Boa Vista com 149.

Entre o dia 8 de agosto de 2015 e este 8 de agosto, Mato Grosso teve 38.521 queimadas. O ranking das cidades que mais queimaram é liderado por Conilza com 2.395 queimadas. Gaúcha do Norte vem em seguida, com 1.316, e São Félix do Araguaia com 1.190.

 

 

Gazeta Digital

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário