10/08/2016 - Anticoncepcionais só devem ser vendidos sob prescrição médica

10/08/2016 - Anticoncepcionais só devem ser vendidos sob prescrição médica

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e outras agências reguladoras internacionais realizam constante monitoramento sobre os benefícios e os riscos do uso de anticoncepcionais, bem como sua relação ao risco de trombose venosa profunda.

 

De acordo com a entidade, o risco de formação de coágulos depende do tipo de hormônio progesterona presente no medicamento. Diante disso, antes de utilizar qualquer contraceptivo, é necessário fazer consulta ao médico.

 

Além disso, exames das mamas, fígado, extremidades e órgãos pélvicos e papanicolau devem ser conduzidos. A avaliação clínica deve ser repetida, pelo menos uma vez ao ano, durante o uso de medicamentos contraceptivos.

 

A Anvisa não possui legislação que possa obrigar os médicos a notificarem eventos adversos relacionados a medicamentos. O mesmo ocorre com os cidadãos. No entanto, a notificação por hospitais e serviços de saúde é obrigatória.

 

De qualquer forma, caso o cidadão ou o profissional de saúde observe alguma reação adversa no organismo, que possa ter sido provocada por anticoncepcionais, é importante fazer essa notificação à Anvisa. 

 

 

 

MT Via Rádio
Enéas Jacobina

 
 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário