10/09/2013 - Pescadores aproveitam estiagem e limpam rio em Mato Grosso

Um grupo de 20 pescadores desceram esta semana o Rio Tapirapé , no Vale do Araguaia, retirando paus, árvores, galhadas e lixo do leito. Essas galhadas estavam atrapalhando o tráfego das canoas dos pescadores. Segundo o biólogo Assis Araguaia, um dos idealizadores da iniciativa, essa limpeza além de beneficiar os pescadores que vivem do sustento retirado do Rio Tapirapé, também beneficiará toda a população ribeirinha, além dos peixes com a despoluição da água.

Os pescadores ficarão acampados às margens do rio durante todo o processo de retirada de lixo. A operação começou na terça-feira. A limpeza foi uma iniciativa da colônia Z-19 com o apoio da Prefeitura Municipal de Porto Alegre do Norte (MT).

Assis é criador do Projeto Quelônio, que recolhe ovos de tartarugas, faz todo o processo de chocagem e solta às margens dos rios da região, e também do Projeto SOS Pirarucu, que recolhe os Pirarucus dos lagos que estão com o nível baixo de água, e faz a soltura e acompanhamento em locais de maior quantidade de água, tudo com acompanhamento da Secretaria de Meio Ambiente e Instituto Brasileiro de Meio Ambiente  (Ibama).

A  limpeza terminou na quinta-feira à tarde, 5.  Em um grande trecho foram recolhidas  madeiras presas no leito, trabalho que necessitou a utilização  de moto serra e um grande contingente de pessoas para fazer a retirada. No primeiro dia, para se ter idéia do tamanho do esforço, um obstáculo levou mais de 4 horas para ser removido.

Ao longo do trajeto foram  encontradas, latas, litros, sacolas e uma grande quantidade de garrafas pet. Eles foram recolhidos pelos pescadores e colocados em sacos para ser levado ao aterro local.  “Esse trabalho de retirada é um sonho antigo de vários pescadores que na época de estiagem tinham muita dificuldade de navegar, inclusive um sonho meu que sempre navego no período da “cheia”, mas sei bem da dificuldade de navegar nessa época” -  ressalta Maurival Cavalcante, um antigo morador de Porto Alegre do Norte (MT)

 

Fonte: 24horas news

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário