10/09/2014 - Erro no lançamento de dados eleva gastos de Baiano em mais de R$ 7 milhões

A Assessoria Jurídica do candidato à reeleição deputado Estadual Baiano Filho (PMDB), requereu na tarde desta segunda-feira, 08.09, a retificação da segunda parcial de arrecadação da campanha de 2014 divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os dados foram inseridos de maneira errônea pela equipe financeira do deputado, elevando os valores a quantitativos exorbitantes.

Onde deveriam ter sido informados doações nos valores de R$ 5 mil e R$ 2,5 mil, foram inseridos respectivamente R$ 5 milhões e R$ 2,5 milhões, descaracterizando as despesas reais do deputado, hoje em R$ 625.332,63, e não R$ 8,1 milhões conforme divulgado. Desta forma, torna-se equivocada a informação de que o candidato Baiano Filho seria o “campeão em gastos”. Podem ser consideradas como arrecadação de campanha, a doação de serviços, materiais, impressos, produção de santinhos, jingles, anúncios, marketing entre outros itens.

Segundo pesquisa realizada em 76 municípios, entre os dias 28 e 31 de agosto pelo Instituto Mark, Baiano figura em primeiro lugar na intenção de votos com 1,9% da preferência, o que dá aproximadamente 38 mil eleitores somando o percentual. 

 As despesas do candidato podem ser conferidas na pagina do TSE:

http://inter01.tse.jus.br/spceweb.consulta.receitasdespesas2014/resumoDespesasByCandidato.action?sqCandidato=110000000354&sgUe=&sgUfMunicipio=MT&filtro=S&tipoEntrega=2

 Como também a receita do parlamentar:  

http://inter01.tse.jus.br/spceweb.consulta.receitasdespesas2014/abrirTelaReceitasCandidato.action

 

Naiara Martins

Comentários

Data: 10/09/2014

De: kkkkkkk

Assunto: kkkkkkkkkk

ESSE MALA VAI APANHAR DE TODO JEITO. VAI PERDE PORQUE O ARAGUAIA ACORDOU NEGO VÉI.

Novo comentário