10/09/2016 - Relatório mostras ações realizadas pelo Governo na prevenção do uso de drogas

10/09/2016 - Relatório mostras ações realizadas pelo Governo na prevenção do uso de drogas

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh-MT) divulgou nesta segunda-feira (06.09) um relatório que demonstra as ações da pasta para efetivar, difundir e fortalecer as políticas de prevenção do uso de drogas, e garantir a integridade biopsicossocial da população na direção da proteção social.

Dentre as ações, o relatório destaca a implementação do Plano Estadual de Assessoramento em Políticas sobre Drogas, elaborado pela Sejudh. O Plano vem contribuindo para a criação e fortalecimento dos Conselhos Municipais de Políticas sobre Drogas, objetivo visto pelo gestor da pasta, o defensor público Márcio Dorilêo, como uma das ações prioritárias a serem executadas pelo Governo na área.

“Focamos em ações como a capacitação de gestores via cursos, como o de Formação Técnica em Política sobre Drogas, que ofereceu formação e instrumentalizou conselheiros, técnicos, gestores, operadores do Direito e demais atores envolvidos, na garantia do direito e cuidado pleno de cidadania, respeitando as normatizações e legislações pertinentes a essa temática”, explica o titular da Sejudh.

Quase 150 pessoas participaram deste curso de formação. Estes poderão agora ser multiplicadores na rede intersetorial de serviços de promoção, prevenção, de cuidado e reinserção social ao usuário de álcool e outras drogas.

O Plano de Assessoramento está alinhado ao Eixo “Viver Bem” do Plano de Governo, e foi lançado nos municípios de Porto dos Gaúchos, Nova Xavantina, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Barra do Bugres, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Barra do Garças e Primavera do Leste.

O superintendente de Políticas sobre Drogas da Sejudh, Paulo Roberto Santana Júnior, destaca que durante os assessoramentos foram registrados a participação de aproximadamente 500 pessoas da rede intersetorial.

Outra ação que foi destaque no relatório da Sejudh, é o desenvolvimento de programas de prevenção ao uso de drogas e redução de danos nos Sistemas Penitenciário e Socioeducativo, e a implementação de programas de prevenção

“Mostrar o novo paradigma das Políticas sobre Drogas, a importância da educação na prevenção e as diretrizes internacionais de prevenção ao uso de álcool e outras drogas, são compromissos assumidos e que estão sendo executados pelo Governo”, afirma o adjunto de Justiça, Enéas Corrêa Figueiredo Júnior.

Educação e Humanização

Em consonância com a Política Nacional sobre Drogas, e com as legislações internacionais sobre o tema, as ações foram voltadas para a prevenção, com foco na educação e no bem-estar da pessoa. Entre estas ações, chama a atenção o Programa de Qualidade na Integração Familiar – Escola da Família (EF)”, que visa capacitar professores das Redes Municipais e Estaduais de Educação, para trabalhar com grupos de famílias, pais e/ou responsáveis de crianças e adolescentes de 0 a 12 anos.

Discutindo temas como princípios de aprendizagem, regras e limites e consequências para comportamentos adequados e inadequados, a Escola da Família pretende desenvolver as habilidades parentais através de vivências e insumos teóricos, contribuindo para a criação de um ambiente familiar emocionalmente mais saudável e comportamentos mais assertivos na educação das crianças.

Em Cuiabá, 30 profissionais da Rede Municipal de Ensino já estão sendo formados pelo projeto Escola da Família, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá (SME), o Juizado da Infância e Juventude da Comarca de Cuiabá e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Profissionais das redes municipais e estadual de Lucas do Rio Verde e Nova Mutum devem receber o projeto em novembro deste ano. A Sejudh está promovendo articulação com, pelo menos, outros 14 municípios para a implantação da Escola da Família.

Outros Projetos

A Superintendência de Políticas sobre Drogas (Supod), vinculada à Secretaria Adjunta de Justiça da Sejudh, em parceria com a equipe multiprofissional das Unidades Penitenciárias e Socioeducativas criou o “Projeto LivreMente de Prevenção Secundária e Terciária e Redução de Danos ao uso de Álcool e outras Drogas”.

O LivreMente irá beneficiar psicólogos e assistentes sociais dos sistemas, com capacitações direcionadas ao uso abusivo de drogas e suas consequências, construindo estratégias para lidar com a questão entre os reeducando das Unidades Prisionais e adolescentes internos dos Centros de Atendimento Socioeducativo com histórico de uso de substâncias psicoativas. O programa deve ser implantado em 17 municípios.

A Sejudh, por meio da Supod, também esteve presente neste ano em diversas reuniões e articulações nacionais e internacionais, buscando parcerias para o aperfeiçoamento das políticas sobre drogas em Mato Grosso.

 

 

Sejudh-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário