10/10/2014 - Imprensas da região do Araguaia publicam textos e fotos sem dar crédito ao material do verdadeiro colega

10/10/2014 - Imprensas da região do Araguaia publicam textos e fotos sem dar crédito ao material do verdadeiro colega

A imprensa do Araguaia nos últimos meses vem passando por um processo de dificuldade, falta de respeito e credibilidade. A imprensa da região do Araguaia deveria ser mais unida e ter respeito por seus colegas, noticiar fatos e noticias verdadeira e respeitar a opinião de colegas bem como divulgar a fonte de matérias divulgadas em sites.

 

Vários sites da região do Araguaia e do mundo publicam textos e fotos de fontes verdadeiras e sérias sem dar crédito ao material. Pior: assinam como se fosse produzido pela própria equipe dos sites, outros trocam somente o nome da manchete e o texto continua sendo o mesmo. E fazem isso com material de muitos colegas. Esquecem que os direitos autorais devem ser preservados e que se apossar do que não é seu é crime. E são várias situações que me levaram ao ponto de "pedir que dêem crédito a quem tem direito". Independente do "tamanho" da informação que apura, ela deve ter o devido crédito. Eu sempre copio textos e fotos de sites e blogs, porém sempre com a preocupação de manter a fonte porque me pauto na ÉTICA.

 

A Imprensa de modo geral deveria ser mais respeitada em Mato Grosso, pois não é fácil ser imprensa, pois não temos um salário fixo, onde se não corrermos atrás de patrocinadores e assinantes como pagamos nossas contas. Isso acaba favorecendo de certa forma algumas categorias que acabam ajudando a imprensa a elevar o trabalho e ocultando algumas verdades não publicadas resumindo em poucas palavras o poder paga para calar a imprensa.

 

A sociedade em si, que é o objetivo principal na formação de uma cidade vê uma situação no cotidiano, mais se depara com um mundo de fantasias e farsas que são patrocinadas muitas vezes irregularmente  com o dinheiro desta própria sociedade.

 

Os meios de comunicação precisam sim de recursos para se manter, como toda e qualquer empresa, mas esses recursos não deveriam ser usados para mascararem uma realidade longe daquela que se convive. A imprensa deve contribuir em uma sociedade mostrando sua realidade num todo. O poder de uma imprensa nas mãos de pessoas que se preocupam somente em retirar da sociedade sem repor nem um benefício em troca, muitas vezes induzindo as classes mais simples da população a "verdades" plantadas a custos de interesses de pequenos tiranos que surgem periodicamente, levam essa mesma sociedade a escuridão impedindo a chegada do progresso, do bem estar, e do crescimento de uma nação.

 

Nos dias de hoje encontrar uma imprensa onde os valores astronômicos pagos com o objetivo de vender quase sempre a imagem que não condiz com a realidade, é cada vez mais fáceis. Sem sombra de dúvida a imprensa é considerada o quarto poder, por que assim o é. A responsabilidade que os meios de comunicação exercem sobre uma sociedade e sobre uma nação são quase sempre decisivos na vida da sociedade de uma cidade e suas respectivas transformações.

 

Sendo assim muitas vezes o trabalho de alguns setores de mídia acabam se deteriorando e fazendo com que a credibilidade e a responsabilidade sejam trocadas por alguns milhares de trocados, tirados muitas vezes de lugares que teriam mais utilidade na solução de problemas oriundos dessa mesma sociedade.

 

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

Comentários

Data: 12/10/2014

De: Anderson Oliveira

Assunto: Parabésn

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Data: 11/10/2014

De: Luzia Melo

Assunto: Parabéns Vanessa

Parabéns Vanessa! São pessoas querendo crescer sem esforço nenhum, usando a informação de primeira mão como se o mérito fosse deles.

Estou contigo!

Data: 11/10/2014

De: Luis Gonzaga Domingues

Assunto: Imprensa do Araguaia e do Brasil

A imprensa brasileira é composta basicamente por pessoas e jornalistas analfabetos funcionais e políticos. Escrevem todo tipo de besteira, pois lhes falta conhecimento científico. Eles nem sabem o que isto. Não basta saber ler mecanicamte, falar razoavelmente, escrever de maneira mais ou menos organizado se não sober investigar e ler grandes pensadores sobre difentes temas para poder abordar os assuntos colocados na mídia escrita, falada e televisada. Tem quer ter conhecimento para não falar apartir do senso comum. Aliás, é o a mídia mais saber fazer e diz que tem conteúdo. É só o que faltava já que a úniva coisa que fazem é defender os interesses dos ricos. Vão ser analfabta em outro lugar, na Europa nórdica, por exemplo. Estudem, leiam e convivam com intelectuais brasileiros para depois falarem com consistência e de maneira contextualida com uma abordagem minimamente científica.

Data: 11/10/2014

De: Juca!

Assunto: Matéria

Porque será que na matéria dos índios não disse nada, será que tem algum parente que trabalha lá como esposa, irmã etc.... rsrsrsrsr

Data: 11/10/2014

De: Dafé

Assunto: Re:Matéria

Concordo contigo Juca, aí tem...,

Data: 11/10/2014

De: José Rezende (Internauta bloqueado pelo site)

Assunto: Fraude

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Data: 11/10/2014

De: Juca?

Assunto: Matéria?

Tem gente burro mesmo se o trecho condiz com a realidade não tem problema encaixar, e a matéria fala do Araguaia, outra coisa tem umas matérias polemicas aí e de candidatos que o senhor José Rezende não fala nada será porque???

Data: 11/10/2014

De: Indio sentribo

Assunto: Parabens Vanessa

Quero me solidarizar com voce Vanessa.

Em outro texto eu disse e ainda acredito que esse portal é o mais democrático do Araguaia e porque nao dizer do Estado.

Muitas vezes eu e outros amigos fazemos fortes críticas e a Vanessa respeita e mantém o comentário.

Eu penso que nenhum outro site da região, nenhum mesmo ! tem esse respeito pelo usuário.

Tem site por aqui que reproduziu uma série de reportagens que o jornal Estadao fez na regiao. Teve a capacidade de publicar com mais de 15 dias de atraso e nao deu credito devido.

Só acesso O Reporter do Araguaia porque é o único que deixa o cidadao falar o que pensa, embora as vezes eu nao concorde com algumas publicações.

Mas no geral é muito bom.

Novo comentário