10/11/2012 - PM aposentado morre afogado após pescaria no Rio Claro em Jaúpaci

 

Um militar aposentado de 44 anos morreu afogado na última terça feira (6) durante uma pescaria juntamente com um idoso no Rio Claro, em Jaupaci.  Leonardo Alves da Silva, tentou atravessar a nado as águas e se afogou durante o percurso. O idoso tentou ajudá-lo, mas não teve êxito.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Iporá, Leonardo banhava no local conhecido como Travessão do campo, propriedade do prefeito daquele município, quando se afogou e desapareceu nas aguas do Rio. 

Após dois dias desaparecido, Leonardo foi encontrado na tarde de ontem (8) por mergulhadores dos Bombeiros há cerca de 10 km do local onde ocorreu o afogamento. Pela dificuldade de sinal, o contato telefônico só foi possível cerca de cinco horas após o incidente.

Parentes que aguardavam o socorro disseram aos bombeiros que a vítima tinha problemas cardíacos.  “O nível da água não estava alto e tinha muitas pedras, o que dificultou a passagem da embarcação. Dois mergulhadores desceram o rio e outros dois foram por terra até uma parte mais baixa, de pouca correnteza. O corpo estava preso numa galhada”, relembra um dos bombeiros que participou das buscas.

Para facilitar o trabalho do Instituto de Medicina Legal (IML), o corpo da vitima que já estava em início de decomposição foi amarrado por aproximadamente três quilômetros, para um ponto melhor de acesso.

Rio Claro
O bombeiro Paulo Rogério falou à reportagem que no mês passado outra ocorrência de óbito por afogamento aconteceu no Rio Claro. “O rio é traiçoeiro, morre muita gente nele. Em 2010, foram oito vítimas fatais”, contabilizou o sargento.

 

Diário do Interior