10/11/2013 - DETRAN poderá voltar ao funcionamento na segunda-feira

Para diretor do Conselho de Despachante Documentalista do Estado de Mato Grosso (CRDD) Geovanni Ourives a greve do DETRAN já deveria ter acabado há uma semana, porque vem causando uma grande perda em todo Estado de MT, para os despachantes e auto-escolas.
 
De acordo com o diretor ouve uma redução 70% dos serviços, a grande preocupação é como que vão pagar os encargos sociais, os salários dos funcionários e o sustento da propria família, já que a grande maioria vive apenas desta atividade. “ Chegando o final do ano, nós não podemos dar aos nossos funcionários um presente de grego, temos que pagar a folha de novembro, dezembro e mais o décimo terceiro, com a persistência da greve todo esse compromisso será impossível de cumprir”, declarou Geovanni. 
 
Genoni espera que na próxima segunda-feira todos os servidos voltados ás auto-escolas, despachantes, e DETRAN volte a normalidade.
 
O presidente do Sindicato das Auto-Escolas Dejalma Nogueira de Souza, disse que na segunda-feira os examinadores voltam ao trabalho, e na terça-feira os testes serão realizados normalmente.
 
Na última sexta-feira foi realizada uma reunião com o presidente do DETRAN Gean Castrilo, onde falaram da necessidade da reabertura o quanto antes das CIDETRAN de todo o Estado, como também do DETRAN na Capital. O presidente disse que já havia uma decisão da desembargadora para que os funionários voltassem a trabalhar dentro da normalidade o mais rápido possível. 
 
Com cerca de 19 dias de greve a ato já causou muitos prejuízos. Segundo decisão da justiça, se os grevistas não voltarem a trabalhar na próxima segunda-feira, a multa é de R$ 100 mil reais por dia.
- See more at: http://www.24horasnews.com.br/noticias/ver/detran-podera-voltar-ao-funcionamento-na-segunda-feira#sthash.rSPywGEM.dpuf

Para diretor do Conselho de Despachante Documentalista do Estado de Mato Grosso (CRDD) Geovanni Ourives a greve do DETRAN já deveria ter acabado há uma semana, porque vem causando uma grande perda em todo Estado de MT, para os despachantes e auto-escolas.
 
De acordo com o diretor ouve uma redução 70% dos serviços, a grande preocupação é como que vão pagar os encargos sociais, os salários dos funcionários e o sustento da propria família, já que a grande maioria vive apenas desta atividade. “ Chegando o final do ano, nós não podemos dar aos nossos funcionários um presente de grego, temos que pagar a folha de novembro, dezembro e mais o décimo terceiro, com a persistência da greve todo esse compromisso será impossível de cumprir”, declarou Geovanni.
 
Genoni espera que na próxima segunda-feira todos os servidos voltados ás auto-escolas, despachantes, e DETRAN volte a normalidade.

 

Lauro Nazário
 
O presidente do Sindicato das Auto-Escolas Dejalma Nogueira de Souza, disse que na segunda-feira os examinadores voltam ao trabalho, e na terça-feira os testes serão realizados normalmente.
 
Na última sexta-feira foi realizada uma reunião com o presidente do DETRAN Gean Castrilo, onde falaram da necessidade da reabertura o quanto antes das CIDETRAN de todo o Estado, como também do DETRAN na Capital. O presidente disse que já havia uma decisão da desembargadora para que os funionários voltassem a trabalhar dentro da normalidade o mais rápido possível.
 
Com cerca de 19 dias de greve a ato já causou muitos prejuízos. Segundo decisão da justiça, se os grevistas não voltarem a trabalhar na próxima segunda-feira, a multa é de R$ 100 mil reais por dia.

 


 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário