10/11/2017 - Servidores do Detran-MT encerram greve após 59 dias

10/11/2017 - Servidores do Detran-MT encerram greve após 59 dias

Os servidores do Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), anunciaram na tarde desta quinta-feira (09) que a greve foi encerrada, após o Governador em exercício, Carlos Fávaro (PSD) e comprometer a pagar o reajuste de salário pedido pelo Sinetran (sindicato representante).

Em coletiva de imprensa, a presidente Daiane Renner, anunciou que após dez meses de negociações com o governo do Estado a pauta do aumento salarial foi discutida e proposta aceita pela categoria. A proposta visa acompanhar a tabela salarial de outras carreiras, levando em consideração a PEC do Teto dos Gastos que foi readequada.

A greve dos servidores foi deflagrada no dia 11 de setembro, depois que o governador Pedro Taques (PSDB) afirmar que não iria conceder qualquer tipo de aumento salarial a categoria por falta de condições financeiras para conceder o reajuste. Taques alegou que as contas públicas do Estado estaria passando por uma crise econômica e que por isso não poderia conceder nenhum reajuste.

Logo que a greve foi deflagrada, o setor jurídico da Casa Civil de Mato Grosso ingressou com uma ação para declarar a greve ilegal, mas o recurso foi negado pela desembargadora Maria Erotides Kneip, declarando a greve legal.

O Governador está em uma missão internacional na China e na Alemanha e durante esses dias  o vice-governador Carlos Fávaro assumiu o cargo e disse que seria prioridade o encerramento da greve do Detran, folha de pagamento e a saúde.

“Estamos trabalhando e coordenando os assuntos do dia-a-dia. Neste momento, o foco é pagar a folha, começar a regularizar as pendências com a saúde e também superar greve dos servidores Detran”, afirmou Fávaro, em entrevista ao Jornal de MT, na TV Band.

 

FONTE: CIRCUITO MT/CATIA ALVES E KAROLLEN NADESKA

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário