10/12/2012 - Dom Pedro Casaldáglia deixa região do Araguaia

10/12/2012 - Dom Pedro Casaldáglia deixa região do Araguaia

 

O bispo emérito Dom Pedro Casaldáliga, 84, deixou a casa onde mora, no município de São Félix do Araguaia (1.200 km ao nordeste da Capital). Escoltado por agentes da Polícia Federal, ele foi levado para Brasília (DF) e, de lá, seguiu para um destino não revelado.

A saída do religioso, grande defensor dos índios, teria ocorrido por conta da tensão na região com a proximidade do despejo de milhares de pessoas.

Dom Pedro é conhecido por anos de militância em favor dos índios. A PF não confirma que a saída do padre se deu por conta de alguma ameaça dos moradores da região. No entanto, esta é a hipótese mais forte.

Segundo informações, ele deixou o município escoltado no início da manhã da última sexta-feira (7) em uma aeronave de pequeno porte, em vôo fretado, até Brasília, onde uma outra equipe da PF o acompanhou.

Um dia antes, mais de 15 entidades assinaram um manifesto de solidariedade ao bispo e relataram as ameaças sofridas por ele. “Neste momento de desespero, uma das pessoas mais visadas pelos invasores e pelos que os defendem é Dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito de São Félix do Araguaia, a quem estão querendo, irresponsável e inescrupulosamente, imputar a responsabilidade pela demarcação da área Xavante nas terras do Posto da Mata”, afirma trecho da nota.

 

Escrito por Gláucio Nogueira /A Gazeta